Ouvidoria Social instala núcleos de atendimento durante o Galo da Madrugada

Órgão, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, ficará responsável por receber e dar encaminhamento a denúncias de violações dos direitos sociais

27/02/19 às 15:28 – Da assessoria para o Blog do Andros 

_MG_6176

Foto: Marcelo Vidal

Com o objetivo de assegurar os direitos dos diversos segmentos sociais, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, vai instalar núcleos da Ouvidoria Social na Estação Recife, no Metrô, e no Fórum Thomaz de Aquino durante o desfile do Galo da Madrugada, no próximo sábado (02). A estrutura contará com uma equipe multidisciplinar de sete profissionais – formada por advogados, assistentes sociais e intérprete de libras -, que ficará responsável por receber e dar encaminhamento a denúncias de violações dos direitos dos foliões. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira, durante a coletiva da superintendência local do Metrô.

“Esse conjunto de profissionais estará recebendo as demandas e denúncias que envolvem a violação dos direitos de crianças, jovens, idosos, pessoas com deficiência, população LGBT e de diferentes raças e etnias, e vai dar os devidos encaminhamentos legais. Além disso, haverá o trabalho de sensibilização que será realizado com os foliões sobre a inclusão social, a garantia de direitos e a desconstrução do preconceito popular”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes. Para a campanha de conscientização, materiais informativos serão distribuídos durante o Carnaval.

_MG_6168

Foto: Marcelo Vidal

Durante o dia do Galo da Madrugada, a Ouvidoria também fará o processo de identificação em crianças através de pulseiras, que terão os principais dados do menor. No caso de perda, as crianças poderão ser identificadas e encaminhadas para suas respectivas famílias. “Esse trabalho é de extrema importância e já apresentou inúmeros resultados em anos anteriores, quando conseguimos levar até às famílias crianças que se perderam durante o desfile do Galo”, comenta a ouvidora Cibele Lopes.

A equipe atuará em parceria com órgãos estaduais, como Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Defesa Social, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiro Militar, e Ordem dos Advogados do Brasil, fazendo os devidos encaminhamentos. Além da Estação Recife, outra equipe, também composta por sete profissionais, estará atuando da mesma forma no Fórum Thomaz de Aquino, no mesmo horário – das 9h às 14h. Vale ressaltar que durante todo o Carnaval, a Ouvidoria Social estará de plantão, recebendo e fazendo o encaminhamento de denúncias de todo o Estado, durante 24 horas, através dos telefones: 0800.081.4421 / (81) 9 8494-1298.

Além da SDSCJ e da Superintendência do Metrê em Recife, a coletiva contou ainda com representantes da Rádio Patrulha, Corpo de Bombeiros, Batalhão de Choque, coordenação de grandes eventos da Secretaria de Defesa Social e coordenação do Juizado do Folião.

SERVIÇO:

Pauta: Ouvidoria Social instala núcleos de atendimento durante o Galo da Madrugada

Data: 02/03

Hora:14h às 17h

Local: Estação Recife e Fórum Thomaz de Aquino

Boi Treloso desfila no Bairro do Recife

Bloco, que é composto por adolescentes da Funase em regime de semiliberdade, terá concentração na Rua do Apolo

26/02/19 às 13:50 – Da assessoria para o Blog do Andros 

pre

Divulgação

 A 7ª edição do Bloco Boi Treloso vai ganhar as ruas do Bairro do Recife nesta quarta-feira (27). O evento, que é realizado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), reúne socioeducandos atendidos nas Casas de Semiliberdade (Casem) da instituição em todo o Estado, além de funcionários e ex-servidores. O desfile é aberto ao público. A concentração ocorrerá às 18h, na Rua do Apolo, em frente à Di Branco Recepções. Cerca de 200 pessoas devem participar da festa.

Mesmo passando a desfilar no Recife já em seu segundo ano, o Boi Treloso sempre manteve a ligação com sua origem, Caruaru, local do primeiro desfile. O bloco surgiu como uma iniciativa de funcionários da Casem situada no município e seguiu sendo preparado lá ao longo dos anos. Nesta edição, uma novidade: a parceria com o artesão Antônio Alexandre da Silva, que tem um ateliê em Bezerros, viabilizou que o boi passasse a ser feito com papel machê, ficando bem mais leve que a antiga estrutura de madeira. A customização foi realizada pelos adolescentes atendidos na Casem Caruaru, durante oficinas de artesanato.

“Levamos para o mestre Alexandre a proposta de fazer o boi com um material diferente. Pagamos pelos itens, com recursos do bazar que a Casem realiza, e ele fez o trabalho, além de orientar uma oficineira da unidade sobre como deve ser feita a customização. Mesmo sendo um momento de diversão, o evento serve como aprendizado. Os adolescentes estão tendo a oportunidade de fazer esse resgate da nossa cultura, o que contribui com a socioeducação”, diz a coordenadora geral da Casem Caruaru, Anabel Brandão.

O bloco foi abraçado por outras Casas de Semiliberdade da Funase e vem se destacando pelo cunho social. Atualmente, adolescentes atendidos em vários municípios participam do desfile. Quem acompanhar o bloco neste ano usará abadás nas cores verde e branca. A parte musical terá a participação de integrantes do Maracatu Fantástico A Cabra Alada.

“O boi, além de trazer a nossa cultura, trabalha no processo educativo. É um trabalho social, um momento de pura integração. A alegria faz com que diversas pessoas de fora da instituição sejam atraídas para o nosso meio. A inserção dos adolescentes da semiliberdade é muito importante nesse processo”, afirma a assessora técnica de Casas de Semiliberdade da Funase, Vitória Barros.

SERVIÇO

 Bloco Boi Treloso

Data: Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019
Horário: 18h
Local: Rua do Apolo, Bairro do Recife – em frente à Di Branco Recepções

HPV, uma ameaça no Carnaval

Especialistas da Oncoclínica Recife e Multihemo esclarecem dúvidas sobre o assunto

26/02/19 às 13:40 – Por Multi Comunicação/Blog do Andros 

sexo

Divulgação

Faltam poucos dias para o Carnaval. No noticiário é comum alertas sobre DST, principalmente HIV. Mas outra sigla de três letras merece atenção, o HPV (Papiloma Vírus Humano). Essa doença sexualmente transmissível atinge, em geral, a população jovem (de 14 a 29 anos) e pode, inclusive, induzir ao câncer. O ginecologista oncológico Diógenes Fontão, da Oncoclínica Recife, e a oncologista Renata Travassos, da Multihemo, esclarecem dúvidas sobre o tema.

Cerca de 80% das mulheres sexualmente ativas terão contato com um ou mais tipos do papiloma vírus humano (HPV) ao longo da vida. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 50% da população mundial masculina está infectada. “O HPV é um vírus transmitido principalmente pelo contato direto com pele e mucosas. O modo mais comum de transmissão é por meio do ato sexual. Por isso pode ser considerado uma doença sexualmente transmissível. O vírus infecta a pele e as mucosas, podendo causar desde infecções assintomáticas, verrugas e até lesões precursoras de câncer, que podem evoluir para o câncer de colo de útero, garganta, boca, pênis ou ânus”, destaca o médico da Oncoclínica Recife, Diógenes Fontão.

Câncer – o tumor de colo do útero tem o HPV como um dos principais agentes causadores desta neoplasia, atingindo cerca de 16 mil mulheres no Brasil por ano, o que já faz dele o terceiro tipo de câncer mais prevalente entre a população feminina. A doença é silenciosa e, por isso, em cerca de 35% dos casos acaba levando à morte. A oncologista Renata Travassos, da Multihemo, explica que esse tipo de infecção pode ocasionar alterações celulares no corpo da mulher, evoluindo para um tumor maligno. “A prevenção está diretamente relacionada à diminuição do risco de contágio pelo HPV, ou seja, para impedir a contaminação pelo vírus é importante o uso da camisinha durante a relação sexual. Outra forma de prevenção efetiva contra o câncer de colo do útero e outras infecções é através da vacinação, que está recomendada para homens e mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual.

Quando o câncer de colo de útero é diagnosticado precocemente, é possível reduzir em até 80% o risco de metástase e outras complicações. Por isso, especialistas aconselham que as mulheres mesmo vacinadas realizem os exames periódicos, como o Papanicolau.

Público enche Praça do Arsenal e prestigia palco Frei Caneca

25/02/19 às 10:40 – Por site.carnavalrecife

47204348051_30a67c2d34_k-1024x683

Praça do Arsenal recebeu grande público e prestigiou Palco Frei Caneca. Foto: Sérgio Bernardo/PCR

A estreia da prévia da Frei Caneca FM não poderia ter sido melhor. Um público colorido, alegre e disposto lotou a Praça do Arsenal, neste domingo (24), para prestigiar shows do trio Alessandra Leão, Isaar e Karina Buhr, Dona Onete e o projeto Batucada ao Vivo.

Antes o Bloco Pen Drive da Madrugada, inspirado em programa de mesmo nome, promoveu cortejo de estandartes iniciado à tarde na Praça da Independência (também conhecida como Praça do Diário), no centro da cidade, e encerrado em frente ao palco da Frei Caneca. Ao principal convidado do desfile, o Clube Carnavalesco Mistro Elefante de Olinda, juntaram-se os blocos do Nada, Grêmio Anárquico Feminístico Essa Fada, Eu me vingo de tu no Carnaval, Bloco Sobrecú, Me Segura se não eu Caio e Bloco da Ursene. A parte musical foi garantida pela Orquestra do Maestro Lessa.

Às 18h em ponto, conforme previamente divulgado, os locutores da FC anunciaram a entrada do trio Alessandra Leão, Isaar e Karina Buhr. As três tocaram músicas de suas carreiras solo e outras da antiga banda da qual participaram, a Comadre Fulorzinha. A plateia vibrou do começo ao fim com o show das moças.

Promover o respeito à diversidade é uma das inúmeras diretrizes da rádio pública municipal. Sendo assim, a Frei Caneca FM aproveita o Carnaval para falar sobre a vivência e as dificuldades enfrentadas pela parcela da população que se identifica como transsexual, transgênero ou travesti. Aurora Jamelo, que é uma das idealizadoras e responsáveis pela campanha, subiu ao palco para falar sobre o tema e obteve apoio do público presente, que aplaudiu a fala dela.

onete

A “gata selvagem”, apelido dado à cantora pelo cineasta pernambucano Lírio Ferreira, deixou o palco sob aplausos e gritos entusiasmados. Foto: Sérgio Bernardo/PCR

Acompanhada por uma banda azeitada e experiente, a paraense Dona Onete fez muita gente dançar agarradinho com seu carimbó repleto de sensualidade e referências à rica cultura do seu estado de origem. A “gata selvagem”, apelido dado à cantora pelo cineasta pernambucano Lírio Ferreira, deixou o palco sob aplausos e gritos entusiasmados. Agora ela e seus músicos seguem para uma série de shows na Austrália e Nova Zelândia.

O projeto Batucada ao Vivo encerrou a noite, reunindo, pela primeira vez, músicos e compositores que integram a cena do samba autoral pernambucano. Seis das principais rodas de samba de resistência da cidade foram representadas no Palco Frei Caneca, além dos grupos Terra e Cadência. A cantora e apresentadora Ana Paula Guedes, mentora do projeto No Meu Morro dá Samba (Morro da Conceição), e também integrante do grupo Voz Nagão, conduziu o grande encontro do samba feito no estado.

Carnaval requer cuidados com a pele e os olhos

22/02/19 às 12:14 – Por Multi Comunicação/Blog do Andros 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

purpurina

Divulgação

Durante o período carnavalesco, todos querem caprichar na produção e para isso não economizam no uso de adereços, maquiagens e muito brilho. Mas será que itens como o glitter e os cílios de led, que estão em alta, podem causar algum problema à saúde? É preciso ter uma preocupação maior na hora da compra? E na aplicação e remoção, existe algum cuidado especial?
Confira abaixo algumas dicas para se divertir usando cílios de led, glitter e maquiagem sem riscos: Continuar lendo

Bloco carnavalesco com adolescentes e funcionários da Funase desfila em 27 de fevereiro

Boi Treloso, que começou como ação da Casa de Semiliberdade de Caruaru, chega à sétima edição saindo pelo Bairro do Recife

20/02/19 às 11:00 – Da assessoria para o Blog do Andros 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

preparativo

Nesta sétima edição, uma novidade: a parceria com o artesão Antônio Alexandre da Silva, que tem um ateliê em Bezerros, viabilizou que o boi passasse a ser feito com papel machê. Foto: Divulgação/Funase

Maracatu, ciranda e coco marcarão a sétima edição do Bloco Boi Treloso. O evento, que é realizado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), ganhará as ruas do Bairro do Recife em 27 de fevereiro. Socioeducandos atendidos nas Casas de Semiliberdade (Casem) da instituição, além de funcionários e ex-servidores, participarão do desfile, que é aberto ao público. A concentração será às 18h, na Rua do Apolo, em frente à Di Branco Recepções. Cerca de 200 pessoas devem participar da festa.

Mesmo passando a desfilar no Recife já em seu segundo ano, o Boi Treloso sempre manteve a ligação com sua origem, Caruaru, local do primeiro desfile. O bloco surgiu como uma iniciativa de funcionários da Casem situada no município e seguiu sendo preparado lá ao longo dos anos. Nesta sétima edição, uma novidade: a parceria com o artesão Antônio Alexandre da Silva, que tem um ateliê em Bezerros, viabilizou que o boi passasse a ser feito com papel machê, ficando bem mais leve que a antiga estrutura de madeira. A customização está sendo feita pelos adolescentes atendidos na Casem Caruaru, durante oficinas de artesanato. Continuar lendo

Shevchenko e Elloco, ícones do brega-funk de Pernambuco, confirmados no Rec-Beat

Festival celebra o gênero ao trazer os MCs que se tornaram fenômenos com hits como “Toma Empurradão” e “Gera Bactéria”

19/02/19 às 13:52 – Da assessoria do Rec Beat Festival

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

she

Shevchenko e Elloco. Foto: Divulgação

Shevchenko e Elloco, a dupla que é o maior fenômeno na música em Pernambuco atualmente, é uma das atrações do Rec-Beat 2019 e leva para o palco do Cais da Alfândega seus hits do brega funk. A apresentação ainda conta com participação do grupo de dança do duo, Os Lokos do Passinho. O festival acontece no Carnaval, de 2 a 5 de março e a entrada é gratuita.

Shevchenko e Ellloco são os principais expoentes do gênero e fizeram sucesso com faixas disponibilizadas no YouTube como “Tome Empurradão”, “Braba de Milionário” e “Gera Bactéria”, hits que já contabilizam dezenas de milhões de visualizações. Eles também planejam a estreia de músicas que estarão presentes no novo disco.

O brega-funk é hoje um dos maiores sucessos musicais do país e uma das mais legítimas expressões das periferias. Além de um fenômeno cultural, o brega é patrimônio musical de Pernambuco segundo definiu a lei 16.044, de 2017, destacando a sonoridade original do ritmo nascido no Estado.

O Rec-Beat sempre foi pioneiro ao dar visibilidade às mais diversas expressões musicais, sem preconceito de gênero ou origem e com o brega funk não tem sido diferente. O festival foi o primeiro a abrir espaço para este ritmo, ao programar, no ano passado, o MC Tocha. Dono de hits como “Paralisou”, Tocha fez um show histórico que misturou brega com ritmos da cultura popular, além de fazer todo mundo dançar com seus hits românticos.

Neste ano, o público vai cantar e dançar junto com os hits de Shevchenko e Elloco com direito aos passinhos sarrada, ombrinho, laço e puxada. “Esse passinho é novo e nasceu na favela / Nós manda embrazado, lá dentro do brega”, já diz a letra de “Gera Bactéria”, faixa que é um dos hits virais de 2018.

Vídeo: Amauri Nascimento lança o clipe do frevo “Calor”. Música é a aposta do artista para este Carnaval

11/02/19 às 17:21 – Por Andros Silva 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

amauri

Aqueça-se no ‘Calor’ de Amauri Nascimento. Foto: Divulgação

O cantor e compositor pernambucano, Amauri Nascimento, lançou o clipe da música “Calor”. O frevo, com a participação do guitarrista baiano radicado em Pernambuco Luciano Magno, nasceu num inspirado sábado de Carnaval, ano passado. “A letra homenageia Recife através de seus bairros, ruas, artistas, blocos e teve produção de Fabio Valois, grande músico e produtor pernambucano”, contou o músico ao Blog do Andros.

O clipe, recém lançado, foi gravado nas ruas do centro do Recife e no bairro do Engenho do Meio. Nas belas imagens que contemplam a capital pernambucana, é possível ver a participações da Drag Chica e de transeuntes que trafegavam pelas vias da Veneza brasileira no momento da gravação. “Mostramos a diversidade das pessoas que gostam de Carnaval de todas as idades e tipos”, salienta Amauri.

Em recado aos leitores do Blog, o cantor externou a vontade de se apresentar na terrinha dos altivos canaviais, sem esquecer, é claro, de lembrar a quem ele dedica essa sua nova produção. “Dediquei esse trabalho a minha mãe de criação, Maria Ribeiro e ao meu pai Amauri Barbosa, que faleceu no fim do ano de 2018. Estou louco para tocar o mais rápido para os jaboatonenses. Desejo um Carnaval de paz e alegria para todo esse povo maravilhoso!”, finaliza.

Quer saber mais sobre Amauri? Relembre a entrevista que a nossa colunista Sidha Moitinho realizou com o artista, clique aqui.

Banda Eddie comemora seus 30 anos no palco do Rec-Beat

08/02/19 às 09:37 – Do Blog João Alberto 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

Banda-Eddie-Crédito-Beto-Figueroa-2

O grupo celebra a energia do seu Original Olinda Style no Carnaval e reforça ligação afetiva com o festival – Crédito: Beto Figuerôa/Divulgação

A banda Eddie, dona do Original Olinda Style, apresenta um show especial em comemoração aos seus 30 anos de existência na próxima edição do Rec-Beat, que acontece durante os dias de carnaval, em março. Formada por Fábio Trummer (Guitarras & Voz), Alexandre Urêa (Percussão & Voz), Andret Oliveira (Trompetes, Teclados & Samplers), Rob Meira (Baixo) e Kiko Meira ( Bateria), a Eddie celebra três décadas de uma mistura legítima de rock, frevo, reggae, surf-music e pop.

O Rec-Beat é o palco ideal para uma festa aberta da Eddie, já que o grupo esteve presente em mais de uma edição e tem uma forte relação afetiva com o festival. Juntos, compartilham a celebração da diversidade da cultura local e a inquietação de se manter sempre ativo e se renovando. Além dos 30 anos da Banda Eddie, o festival já confirmou a presença da argentina Sofía Viola, que traz uma cultura popular latina em um show vibrante e o afrofuturismo folk da banda curitibana Tuyo. As demais atrações serão divulgadas em breve.

Ao que tudo indica, Jaboatão não terá carnaval oficial

05/02/19 às 16:49 – Por Andros Silva 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

7132969187_579d9aebbb_b

Pierrot. Foto: Ella Ormerod

Ao que parece, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes não fará programação oficial durante o Carnaval. Entramos em contato com a Assessoria de Imprensa para buscar informações no dia 01 deste mês, mas até o momento não recebemos retorno. Quando não retorna, é porque resposta boa não tem pra dá.

Com isso, a responsabilidade de salvar a festa na terrinha, fica nas costas dos poucos blocos particulares e populares, que conta como sempre, com apoio simbólico do Poder Público Municipal. Se não pensassem apenas em política, uma solução, a exemplo do que aconteceu certa vez no governo Elias Gomes, seria a atual administração fazer parceria com o Governo do Estado, trazendo polos para Jaboatão Centro e Prazeres, onde mesclassem shows de artistas genuinamente jaboatonenses, com nomes tradicionais da música pernambucana. Ganharia a cidade, os artistas e os foliões, pois se divertir em sua casa, não tem preço.

Opinião… Quando um administrador não gosta de carnaval, ele faz de um tudo para acabar com a farra dos outros. Alguns falam em remanejar os recursos que seriam utilizados no Carnaval, para programas e ações nas áreas de educação, saúde e infraestrutura. O danado é que muita gente acredita nesta lorota. Gestor bom, consegue promover saúde, educação e diversão para seu povo e ponto final. O resto é papo furado!

Carnaval de Olinda terá oito polos e abertura com Alceu Valença e Elba Ramalho

05/02/19 às 14:18 – Do Blog João Alberto 

collage-768x307

Além da tradicional presença de Alceu Valença, a abertura contará também com a participação de Elba Ramalho – Crédito: Rafael Martins/ Esp. DP e Divulgação

Sob o tema A Fantasia é Você, a abertura do Carnaval de Olinda, marcada para a quinta-feira que precede os festejos de momo, dia 28 de fevereiro, promete reunir os foliões com arrastão de frevo, shows e desfile de blocos tradicionais em frente a Prefeitura de Olinda. Esta edição convida o público a vestir suas fantasias e se transformar durante os dias de folia nas ladeiras, ruas e praças na cidade histórica. As novidades foram anunciadas nesta manhã em coletiva de imprensa que contou com a presença do prefeito Lupércio. A programação completa será divulgada nos próximos dias.

Neste ano, foram confirmados oito polos: Carmo, Fortim, Varadouro, Guadalupe, Xambá, Rio Doce, Alto da Sé e Infantil. A decoração aposta em artes e símbolos que remetem às fantasias, como bonecos vestidos de anjos, sereia, caveira mexicana, super heróis, piratas, passistas, arlequins e princesa. Na programação de abertura, a festa fica a cargo de Alceu Valença, que este ano convida Elba Ramalho, arrastão do Frevo e desfile de Bonecos Gigantes e Passistas, agremiações, além de apresentações do Grupo Bongar, Silvério Pessoa, Quinteto Violado.

Confira a programação:
17h: Arrastão do Frevo: Orquestra de Frevo com 35 músicos, Bonecos Gigantes e Passistas saindo da Prefeitura de Olinda (Palácio dos Governadores) até a Praça do Carmo
19h30: Grupo Bongar convida Silvério Pessoa e o Clube Carnavalesco de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite
21h: Quinteto Violado convida Charles Theone e Maracatu Nação Pernambuco (comemora 30 anos de história)
23h: Alceu Valença convida Elba Ramalho

“Para nossa alegria”: Paralamas do Sucesso volta ao Carnaval do Recife

30/01/19 às 13:44 – Por Andros Silva 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

eu

Andros Silva focado em Herbert Vianna durante noite de apresentação no Carnaval 2018 do Recife. Foto: Nizinha Lins

Os Paralamas do Sucesso, essa histórica banda de rock, formada no município fluminense de Seropédica, em 1982, “para nossa alegria” volta a se apresentar no Carnaval Multicultural do Recife. O grupo se apresenta na noite do sábado (02), mesmo dia que, horas antes, o Recife para em reverência ao Galo da Madrugada.

A noite do Marco Zero conta ainda com apresentações não menos importantes de nomes como Lula Queiroga, Pedro Luis, Roberta Sá, Marcelo Jeneci, Fafá de Belém
André Rio, Quinteto Violado, Banda de Pau e Corda e Som da Terra. Na fato, de Nizinha Lins, este que vos escreve aparece clicando o vocalista Herbert Vianna, que fez pose para as minhas lentes durante a festa de Momo do ano passado.

Divulgada programação completa do carnaval do Recife 2019. Confira

30/01/19 às 12:40- Do Diario de Pernambuco

20190130104954189728a

Fotos: Tiago Calazabs/Divulgação; Divulgação do artista; Jorge Luiz/Prefeitura do Recife; Andrea Rego Barros/Divulgacao

O Carnaval 2019 do Recife promete ser grandioso. Entre os dias 1 e 5 de março, 45 polos, espalhados por toda a cidade, vão receber agremiações tradicionais que encantam os recifenses e visitantes, além de artistas locais como Spok, Maestro Forró, Antúlio Madureira, Nena Queiroga, Almir Rouche, Almério e André Rio. Um dos grandes destaques desta edição é a volta da banda Cordel do Fogo Encantado na segunda de carnaval (4) ao Marco Zero.

O show de abertura, na sexta-feira (1), contará com o espetáculo O Carnaval de todo Mundo, idealizado pelo bailarino pernambuco Dielson Pessoa, com direção musical de César Michiles. Inovando, com inclusão e tecnologia, eles pretendem ampliar o olhar para os dançarinos e movimentos da periferia. Todo o trabalho de atuação foi feito com o corpo mirim de bailarinos do Centro Comunitário pela Paz (Compaz) – Cordeiro e Alto de Santa Terezinha. Finalizando a noite, os homenageados Belo Xis e Gerlane Lopes dividem o palco com os convidados especiais Péricles, Mariene de Castro, Pretinho da Serrinha e Marcelinho Moreira.

Ainda participam da folia, nomes como Baiana System, Monobloco, Alcione, Fafá de Belém e Paralamas do Sucesso, além de um projeto inédito que reúne Lula Queiroga, Pedro Luís, Roberta Sá e Marcelo Jeneci.

Confira a programação completa anunciada pela Prefeitura do Recife Continuar lendo

Recife: Abertura de prévias carnavalescas incendeia o bairro da Mangabeira

30/01/19 às 09:59 – Do site.carnavalrecife.com

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

01_arb_3368_29012019_foto_andrearegobarros-1024x683

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Uma noite de muita vibração e batuque marcou a abertura das prévias carnavalescas do Recife terça (29) na Mangabeira. No largo do bairro, o Maracatu Nação Encanto da Alegria foi o responsável por marcar o início do ciclo momesco com o primeiro ensaio para o Tumaraca, encontro de Nações que acontece na quinta-feira da semana pré-Carnavalesca (28 de fevereiro).

No local, o grupo – grande vencedor na categoria Maracatus do concurso de Agremiações de 2018 – recebeu o grupo Voz Nagô. Juntos, os cerca de 100 batuqueiros fizeram trovejar as alfaias e ecoaram os baques da Nação junto aos cânticos do Voz Nagô, grupo criado por Naná Vasconcelos e que acompanha as 12 Nações que farão parte do encontro.

Para Anderson Delaveiga, presidente do Maracatu Nação Encanto da Alegria, é uma satisfação abrir o ciclo carnavalesco do Recife. Atualmente a agremiação também se prepara para o Concurso de Agremiações. “Este ano teremos 500 componentes, 150 a mais do que o ano passado, e nosso tema será ‘Com a Força da Natureza’. Nossos ensaios acontecem às terças e quintas na nossa comunidade na Mangabeira, sempre a partir das 19 horas”, pontua.

O samba ganhará destaque no 55º Baile Municipal

17/01/19 às 17:14 – Do João Alberto Blog

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

samba

Baile Municipal acontecerá dia 23 de fevereiro – Crédito: Julio Jacobina/DP

No dia 23 de fevereiro, o Classic Hall abrirá as portas para o 55º Baile Municipal do Recife, com as presenças confirmadas dos homenageados Belo Xis e Gerlane Lops. O samba terá destaque com a Orquestra Recife de Bambas e participações especiais. Os ingressos – que serão vendidos pelo Ticket Folia – serão comercializados a R$ 50 (individual) e R$ 600 (mesa para quatro pessoas). Toda a renda é revertida para projetos de assistência social. A noite terá ainda muito frevo puxado por nomes como Nena Queiroga.