Intitulado Clube Castelar, projeto disponibiliza mais de 200 obras em espaço dentro de unidade socioeducativa em Arcoverde

18/09/2020 às 10:59 – Da assessoria para o Blog do Andros

O município de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, passou a contar com um espaço de leitura voltado a adolescentes em cumprimento de medida de internação pela prática de atos infracionais. A sala, que começou a funcionar nesta semana, dispõe de mais de 200 títulos, entre livros paradidáticos, grandes obras da literatura nacional e publicações referentes à área da infância e juventude, como o Estatuto da Criança e do Adolescente. Batizado de Clube Castelar, o projeto foi idealizado por meio de uma parceria entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e a Vara Regional da Infância e Juventude de Arcoverde.

As novas instalações funcionam dentro do Case/Cenip Arcoverde, unidade da Funase que atende 23 adolescentes em internação e internação provisória. Além de ter contato com os livros na sala, os socioeducandos também podem levar as obras para leitura em seus alojamentos por períodos determinados. A ideia é também estimular a produção de textos sobre temáticas abordadas nas publicações, como racismo, liberdade e direitos humanos. O desempenho dos internos no projeto será acompanhado pelo Judiciário e considerado em relatórios produzidos para audiências de reavaliação das medidas socioeducativas cumpridas pelos adolescentes.