23/07/2020 às 12:01 – Por Andros Silva 

michel
Michael Ryan, diretor-executivo do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS) — Foto: Christopher Black/OMS

Parece que vamos precisar conviver com o novo coronavírus, infelizmente, por mais tempo. Tudo indica que as máscaras, em 2021, ainda fará parte do “look”. Ontem, Michael Ryan, diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), disse que apesar das boas notícias quanto aos resultados das candidatas a vacina contra covid-19, devemos nos manter realistas quanto aos prazos. “A ideia de que teremos uma vacina em dois ou três meses e, de repente, esse vírus terá passado… Adoraria dizer isso a vocês, mas não é realista. Será a primeira parte do ano que vem antes de vermos as pessoas serem vacinadas”, afirmou em coletiva. Triste realidade!