24/06/2020 às 12:27 – Por Elexsandro Araújo/Fisioterapeuta 

idoso
Foto: Reprodução da Internet

A queda é definida pela falta de capacidade para corrigir o deslocamento do corpo, durante seu movimento. As quedas entre pessoas idosas constituem um dos principais problemas clínicos e de saúde pública devido a sua alta incidência, às consequentes complicações para a saúde.

Os idosos mais susceptíveis a quedas são aqueles que apresentam alguma enfermidade, especialmente as que levam a alterações da mobilidade, equilíbrio e controle postural, sendo a ocorrência de quedas diretamente proporcional ao grau de incapacidade funcional.

É possível diminuir a ocorrência de quedas com cuidados simples como: promoção da saúde e prevenção de quedas; fisioterapia; revisão das medicações; modificações nos domicílios; promoção da segurança no domicílio; e) promoção da segurança fora do domicílio. Intervenções multidisciplinares podem auxiliar no processo de prevenção de quedas no âmbito populacional.