Suspeito estava em apartamento de luxo em Barra de Jangada; ele teria aplicado golpes de mais de R$ 100 milhões

12/06/2020 às 10:11 – Da Rádio Jornal 

ada74078e4_1451e7d52c44eb3665772047338442e4
O suspeito foi levado para o Cotel – Foto: Foto: Arquivo JC

O rapaz identificado como Hugo José Santos Pereira Lima estava sendo procurado pela polícia há nove meses e foi preso na quarta-feira (10). Considerado o maior estelionatário do Nordeste, Hugo teria aplicado golpes de mais de R$ 100 milhões.

A prisão dele aconteceu no apartamento em um prédio de luxo em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes, e feita por policiais da Delegacia do Cordeiro. De acordo com denúncia feita pelo Ministério Público de Pernambuco, o rapaz seria chefe de uma organização criminosa responsável por aplicar golpes com cartões clonados.

Outros continentes da quadrilha já tinham sido presos em setembro de 2019. Durante as investigações, a polícia descobriu que Hugo tinha uma vida de luxo, com viagens internacionais, passeios de lancha, compras de camarote no Carnaval de Salvador e imóveis em bairros nobres.

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes e encaminhado para o Centro de Triagem Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.