Parente do menino se irritou com postagem feita pelo Deputado Federal

06/06/2020 às 13:47 – Do Na Telinha
tulio-gadelha-miguel-tia_d7f0dc4e78ffa897008bb5ebad2cbcfd728c9369
Túlio Gadêlha se posicionou sobre a morte de Miguel – Foto: Reprodução

Márcia Goldschmidt entrevistou a tia do pequeno Miguel na sexta-feira (5) pela live da sua conta do Instagram e ela criticou um comentário de Túlio Gadêlha, namorado da apresentadora Fátima Bernardes. O desabafo ocorreu no mesmo dia que a mãe do menino participou do Encontro nesta manhã.

A tia da criança repudiou o posicionamento do Deputado Federal por Pernambuco. “Mandaram uma postagem pra mim do namorado ou noivo, não sei qual a posição dele relacionada a Fátima Bernardes. Essa postagem ele disse que ‘iludidos são aqueles que pensam que vai ter Justiça por uma família muito tradicional no estado de Pernambuco, que é a família Hacker e a família Corte Real’. Isso me indignou muito, fiquei muito furiosa e logo retornei pra ele”, disparou.

Ela afirmou que enviou uma mensagem para o político e deixou claro que sua família buscará justiça, independente da posição social dos ex-patrões da sua irmã. “Eu disse que iludido seria ele que, pela opinião que ele tem triste, insana de achar que poderíamos recuar ou ter medo pelo nome de um Hacker ou Corte Real, pode ser quem for, a gente não vai recuar. A gente não vai abaixar a cabeça. A gente não vai se calar de jeito nenhum. Pode vir presidente, prefeito”, completou.

Apesar da revolta da tia de Miguel, Túlio Gadêlha explicou que a família não terá facilidade na luta pelos seus direitos, mas não pediu para que eles deixassem de brigar pela punição.

“Se iludem os que acham que a #JustiçaPorMiguel será feita com facilidade. As famílias Corte Real e Hacker são famílias tradicionais da política pernambucana com muito poder e influencia nas instituições. Vocês verão que Pernambuco ainda vive sob o comando de oligarquias familiares”, afirmou o Deputado.

Mãe de Miguel falou com Fátima Bernardes

Mirtes Renata Souza, mãe de Miguel, conversou com Fátima Bernardes no Encontro e demonstrou sua indignação pela morte do seu filho. “Eu peço que continuem orando por mim e pela minha mãe para que a gente tenha força para continuar lutando e para fazer justiça, para que a morte do meu filho não fique impune. Eu vou mover céus e terras, mas vou fazer justiça”, prometeu.

Fátima não segurou o choro e lamentou o ocorrido. “Mirtes, se eu posso te dizer alguma coisa é que o seu coração fique em paz por esse menino feliz que você teve por esse tempo com você e tenha a certeza que muitas lágrimas neste momento estão se juntando às suas e muitas orações também pra que você seja forte, consiga tocar sua vida em frente dentro da medida do possível. Estamos aqui pra pedir justiça, pra que o caso não seja esquecido”, comentou a apresentadora. Não houve nenhuma menção ao Túlio Gadêlha.

Morte de Miguel

Miguel Otávio, de apenas cinco anos, caiu do nono andar de um prédio do bairro São José, localizada na área central de Recife. O garoto foi deixado por sua mãe, empregada doméstica, com sua ex-patroa Sarí Corte Real, primeira-dama de Tamandaré, para poder caminhar com os cachorros da residência a qual trabalhava.

No período em que passeava com os animais, Miguel foi colocado no elevador por Sarí – que teria apertado o botão do nono andar – e caiu do alto do prédio. A primeira-dama foi presa em flagrante por homicídio culposo, mas pagou fiança no valor de R$ 20 mil e foi liberada para responder o processo em liberdade.