02/06/2020 às 22:49 – Por Andros Silva

t-v
Totô e Vilmar, com microfones da TV Jornal em mãos, cobram explicações ao prefeito do Jaboatão, Anderson Ferreira. Fotos: Reprodução/TV Jornal

Os vereadores Sandro Raimundo de Andrade, o Totô e José Vilmar Cavalcanti de Melo, o Vilmar da Mudança, estão com a bola toda. A dupla de parlamentares, depois de estampar página no Jornal Folha de Pernambuco, virou notícia também no programa Por dentro com Cardinot, da TV Jornal. A pauta, novamente, os respiradores do hospital de campanha, mas precisamente cinco aparelhos que os Republicanos vem cobrando explicações da prefeitura, buscando detalhes, como a origem dos equipamentos, valores, etc.

Diferente da matéria veiculada na FolhadePE, desta vez, a prefeitura emitiu nota e os vereadores ganharam, indiretamente, respostas. Ao programa da TV Jornal, a assessoria da gestão Anderson Ferreira disse que as  informações passadas pela dupla de parlamentares “são levianas e eleitoreiras”.

“A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes afirma que essas informações são levianas e eleitoreiras. Todos os aparelhos respiradores utilizados no hospital de campanha para tratamento de pacientes da Covid-19 são homologados pela Anvisa. Os equipamentos são das marcas Drager, Inter 5 Plus e Takaoka, que foram cedidos por doação ou empréstimo por parceiros, entre os quais, o Real Hospital Português. Nesta semana, mais dez respiradores serão enviados pelo Ministério da Saúde para ampliar ainda mais o atendimento aos pacientes. Todas as ações realizadas pela Prefeitura do Jaboatão estão sendo informadas aos órgãos de controle e constam no Portal da Transparência do município. Além dos atendimentos no hospital de campanha, a Prefeitura do Jaboatão disponibiliza leitos de UTI em hospitais conveniados exclusivamente para tratamento da Covid-19”, explicou.

Em tempo…. Finalmente a Prefeitura do Jaboatão se pronunciou e com detalhes, se defendeu das acusações. Mas ficou inevitável os questionamentos: Se os vereadores, ao fiscalizar e cobrar explicações estão sendo levianos e fazendo apenas manobras eleitoreiras, o que faz Anderson Ferreira, quando acusa o governador Paulo Câmara, seu inimigo político, de “omisso”, ao falar sobre o novo plano de abertura das atividades econômicas do Governo do Estado nesta terça-feira (2), em matéria publicada neste Blog, enviada por sua assessoria de imprensa. E quando anuncia em meio a uma pandemia que conseguiu o apoio do deputado Pastor Eurico visando sua reeleição… O que estaria praticando Anderson? Menos, prefeito, menos!