Em sua participação na coluna, Amanda Carolina, que é Ministra Cristã, traz uma mensagem para todas as mulheres que possam estar vivendo esse tipo de situação

01/06/2020 às 11:20 – Por Elexsandro Araújo / Colunista Blog do Andros

amanda1
Amanda Carolina/Ministra Graduada pelo Centro de Treinamento Bíblico Rhema Brasil. Foto: Divulgação 

O que deveria ser um tempo de mais unidade, aproximação e afeto. Se tornou um pesadelo para muitas mulheres. O conviver com um homem violento e insensato, trouxe nesse período atual de reclusão social, um verdadeiro pesadelo em muitos lares.

Não há mais escapatórias, de fato é o dia inteiro compartilhando da companhia de alguém que lhe maltrata, de maneira física, psicológica, moral, sexual e patrimonial, como bem está citado no artigo II da lei Maria da Penha.

Salmos 116, nos enfatiza bem que quando Deus livrou o povo do cativeiro, do deserto, todos ficaram como quem sonham. Suas bocas cheias de riso, cânticos e júbilos, e entre todos daquela nação, se diziam a respeito daquele povo, que grandes coisas O Senhor havia feito por eles, e por isso estavam alegres.

“O conviver com um homem violento e insensato, trouxe nesse período atual de reclusão social, um verdadeiro pesadelo em muitos lares”

Deus quer restaurar a sorte de todos, nos livrar de cativeiros que por muitas vezes foram ocasionados por más escolhas, por falta de maturidade. Deus pode transformar sim, restaurar e libertar. Mas, Ele não fere princípios. A lei do livre arbítrio, está a mesa. Se houver uma inclinação para ouvir Sua voz e guardar Seus mandamentos, haverá libertação também, da falta de caráter e da opressão maligna.

Haverá um socorro para o lar. Mas, caso o ofensor não esteja disposto a se livrar do seu próprio cativeiro, mulher você não está condenada a viver essa opressão ao lado dele. Foi para liberdade que fomos chamadas, olhe para os céus e seja livre. Elevo os meus olhos para os montes. De onde me virá o socorro? Meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Lembrem-se, quando Ele restaura nossa vida, voltamos a sorrir, a cantar e a jubilar!

@amanda_eliel

epnova
Dr. Elexsandro Araújo é Fisioterapeuta, Gerontólogo, Mestrando em Gerontologia, Diretor da Terapias Integradas Home, Professor, Palestrante, Escritor e Colunista.

Contato: elexsandroaraujo@outlook.com
Instagram: @elexsandroaraujo