26/05/2020 às 00:08 – Por Andros Silva

marluseofilho
Na foto que originou toda polêmica, o vereador aparece ao lado do seu filho e de dois animais de estimação. O rosto da criança foi borrado por nossa reportagem, para  preservar sua imagem. Foto: Reprodução

O vereador Marlus Costa resolveu quebrar o isolamento e em plena quarentena mais rígida, foi curtir a folga do domingo (24) na praia de Candeias. A atitude é um protesto velado ao decreto implantado pelo governador Paulo Câmara, governo este que Marlus é opositor, claro, sendo ligado ao prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, a oposição neste caso torna-se obrigatória. Mas o passeio que Marlus diz ter sido de 15 minutos, não rendeu bons frutos para o parlamentar jaboatonense. Nas redes sociais, ele foi massacrado pela maioria dos seguidores. Foi tanta porrada, que resolvi não colocar nenhum aqui, estava difícil escolher um que se encaixasse na matéria. Em vídeo, após ser bombardeado, o parlamentar respondeu os críticos com ironia: “O mundo vai se acabar porque eu estive registrando um momento num passeio de 15 minutos com meu cachorro e meu filho” e foi além, “bata que aqui é feito massa de bolo, quanto mais bate, mais cresce”, revidou de forma agressiva. Seguindo a linha de raciocínio do vereador, tendo em vista a quantidade de bordoada recebidas, ele ficou do tamanho de um bolo de casamento, daqueles bem chique, de seis andares.

Opinião: Até entendo Marlus Costa, é difícil morar em frente ao mar e não poder nele passear. Mas enquanto homem público, político, descumprir um decreto governamental é um erro e fazer questão de mostrar isso nas redes, é burrice. Se fosse eu, passaria despercebido, mas um vereador e bastante conhecido, estava na cara que as pedradas viriam com força de encontro a vidraça.

A resposta aos seguidores, também foi outro ato falho, não se deve ironizar quem dedica um pouco do seu tempo para lhe acompanhar nas redes sociais. Não é questão de ataque gratuito, existe muita gente querendo passear na praia, tomar um belo banho de mar, ou ao menos molhar os pés nas águas quentinhas de Candeias, como fez Marlus Costa, mas lei é lei e precisa ser respeitada, senão a coisa vira bagunça.

Não concorda com o decreto? Protesta da forma mais sábia, recuse-se digitar nas urnas o número daquele que implantou um dia aquilo que não te agrada em seu Estado. Marlus deixou sua oposição ao governador falar mais alto que sua razão. Isso lhe custou o bom senso.

Em tempo… Marlus é um bom homem e até bom político, tem feito algumas ações positivas para a cidade e digo mais, é um dos poucos a merecer o cargo, o qual ocupa, diante da atual conjuntura na Câmara. Volto a dizer, é inteligente, dedicado, preparado, estuda bastante. Mas convenhamos, tem dado muitas margens para críticas. Coisas do lockdown, acredito. Esse enclausuramento mexe com nossos neurônios, com o nosso psique. Tá difícil.