25/04/2020 às 19:35 – Por Andros Silva

IMG_4340-1920x1119
Fernando Haddad. Foto:Ricardo Stuckert

Feliz da vida ficou Fernando Haddad com a discórdia ocorrida entre Sérgio Moro, ex-ministro da Justiça e Jair Bolsonaro. Haddad chamou o episódio de “Trágica ironia” e acusou Moro de ter usado a Polícia Federal para “armar contra o Lula”. “Moro é obrigado a reconhecer a autonomia dada pelos governos petistas a PF. Moro usou a PF para armar contra o Lula e pavimentar a vitória de Bolsonaro. Bolsonaro engoliu Moro e a PF. Centrão decide sustentar Bolsonaro e impedir afastamento”, postou. O petista, pupilo do ex-presidente Lula, foi derrotado por Bolsonaro nas eleições de 2018.