Sesc abre processo seletivo de estágio com 99 vagas para Pernambuco

Inscrição acontece gratuitamente no site da instituição a partir desta sexta-feira (03/01)

02/01/2020 às 12:25 – Por Tacyana Viard para o Blog do Andros 

Sesc_Marca

Divulgação

Começa amanhã (03/1) o período de inscrição do processo seletivo de estágio de níveis superior e técnico do Sesc em Pernambuco. Até 9 de janeiro, a instituição vai receber gratuitamente e pelo site sescpe.org.br a inscrição dos interessados em concorrer a uma das 98 vagas de estágio de nível superior e 1 de nível técnico.

Podem se inscrever estudantes dos cursos de Administração, Biblioteconomia, bacharelado em Educação Física, Serviço Social, Letras, Pedagogia, Nutrição, Teatro, Dança, Artes Plásticas/Visuais, Música, Química, Matemática, Técnico em Segurança do Trabalho, Design, Jornalismo, Engenharia Civil e Ciências da Computação. Para concorrer ao nível superior, o candidato deve estar cursando os últimos dois anos da formação. Já para o técnico, é necessário estar no segundo ou terceiro período. Dez por cento das vagas são destinadas às pessoas com deficiência, conforme Regulamento do Processo Seletivo.

A seleção acontece para Grande Recife, Agreste e Sertão, nas unidades do Sesc Casa Amarela, Santo Amaro, Sede Regional, RioMar, Banco de Alimentos, São Lourenço da Mata, Piedade, Garanhuns, Petrolina, Belo jardim, Surubim, Triunfo, Araripina, Bodocó, Goiana, Caruaru, Arcoverde e Buíque. O processo seletivo inclui as etapas de Análise do Histórico do curso e Avaliação Comportamental. Nos cursos de Design, Jornalismo, Engenharia Civil e Ciências da Computação, há ainda a Avaliação Prática.

O resultado de cada etapa será divulgado no site da instituição, assim como a relação final dos aprovados. Os contratados deverão cumprir carga horária de 20h semanais.  As bolsas de nível superior serão remuneradas no valor de R$ 520 e a de nível técnico, de R$ 400. Ambos possuem auxílio transporte de R$ 80,00.

Serviço – Processo seletivo

Inscrição: de 3 a 9 de janeiro de 2020

Seleção: a partir de 14/01/2020

Informações: www.sescpe.org.br.

Feliz 2020 Com As Promessas do Senhor

“Feliz o homem que me dá ouvidos, velando dia a dia ás minhas portas, esperando ás ombreiras da minha entrada. Porque o que me acha, acha a vida e alcança o favor do Senhor. Prov. 8:34,35

02/01/2020 às 10:43 –  Por Sidha Moitinho / Colunista Blog do Andros

a-sombra-do-homem-rezando-e-pensando_40919-1113

Foto: br.freepik.com

Lembrei de uma música gospel bem antiga que diz mais ou menos assim: “… Mesmo sem força e vigor, a gente lê a Palavra e, encontra bastante poder pra vencer e continuar a jornada…” Deixemos para trás o passado e vivamos o futuro. Recebamos o ano novo na plenitude da graça de Deus. 2019 fica para trás, 2020 abre suas portas, o saudemos com amor e regozijo em Cristo.

Crendo no Senhor passaremos de um ano para o outro, como pessoas vitoriosas, tendo nossos corações aquecidos pelas promessas do nosso Pai Celeste, amoroso Deus, cumpridor do que nos promete. Devemos focar nossos pensamentos nos dias e anos melhores que ainda estão por vir, deixando de vez as coisas velhas que para trás ficaram. Não podemos refletir nossa vida sob o prisma angustiante das dores, mas da fé que recebemos da Palavra divina que, nos dá força para prosseguirmos e, também nos enche de esperança para alcançarmos muitas outras vitórias em o Nome de Jesus.

Agora pouco, O Senhor Jesus ministrou ao meu coração através do versículo citado acima, desejo compartilhar com você… Vamos dar nossas mãos, buscando a presença do Senhor, elevando a Ele nossa alma; adentremos na sala do Seu trono, esternecidos de gratidão pelo ano que se finda e pelo novo que chega.

A sabedoria saiu a proclamar pelas ruas da cidade, sua voz se faz ouvir em muitos lugares… Chegou aos nossos ouvidos o som sublime das Suas Palavras. Ela declara que Deus tem para nós promessa de vida e que Ele derramará grandes bênçãos sobre todo aquele que nele espera. Na maravilhosa presença do Senhor Deus, temos abundância de dias, de felicidade, paz e segurança. A vida que você sonha está em servir ao Senhor com alegria e fidelidade… Está escrito: “Busque o reino de Deus e a sua justiça e todas as demais coisas lhe serão acrescentadas.”

“Crendo no Senhor passaremos de um ano para o outro, como pessoas vitoriosas, tendo nossos corações aquecidos pelas promessas do nosso Pai Celeste, amoroso Deus, cumpridor do que nos promete”

Não temas! Deus é contigo, assim como é comigo, Ele está sempre pronto para nos abençoar e derramar sobre nós favores sem medida. Confia 2020 aos cuidados do Pai das Luzes e creia que Ele fará muito mais do que pedimos ou pensamos. Apenas devemos obedecer com amor e temor a Sua Palavra, que é, lâmpada para nossos pés e luz para nosso caminho, exatamente como declara o salmista.

As palavras que saem da boca da sabedoria são melhor do que o ouro apurado, do que o brilho das pedras preciosas, e mais saborosas do que o vinho, pois elas são Palavras de vida que revelam o amor e o cuidado de Deus para com aqueles que o amam. Devemos ter prazer em estar diante das Suas portas em oração e, para encontrá-lo em adoração. Jesus disse: “ Eu sou a porta, quem entrar por mim, encontrará pastagem e descanso para a sua alma.”

Todo bem que te desejo, já faz parte do plano de Deus para sua vida… Entremos em 2020 alegrando-nos na presença do Deus que nos ama e, que provou Seu amor por nós, através do sacrifício de Jesus. Onde você estiver, receba o ano novo em oração, conversando com Deus, dando para ele a honra e a glória que Ele merece ter na sua vida.

Feliz Ano Novo para todos nós em nome de Jesus, carregado de todas as bênçãos reservadas para nós em Cristo Jesus! Jesus te ama! E 2020 será grandioso e muito abençoado. Declaramos em nome de Jesus que 2020 será ainda melhor do que foi 2019. Receba a Paz do Senhor na tua mente, coração e espírito. Beijo!

siSidha Moitinho é uma baiana que cresceu em Brasília, apaixonada por Pernambuco, mora em Jaboatão dos Guararapes há mais de 18 anos, cidade que ama e pela qual luta. É comunicadora social, bacharel em teologia, pastora, cineasta, coordenadora literária e escritora. Sidha ama escrever para crianças, atualmente vem promovendo seu conto infantil ‘Paulinho e o Vento’.

Contato: sidha.moitinho@gmail.com

O telhado do poeta

02/01/2020 às 10:24 – Por José de Siqueira / Colunista Blog do Andros

josevalgode

Imagem/Reprodução da internet

Enquanto o ano velho agonizava, em seus instantes terminais, ansioso por ceder espaço ao vindouro, as pessoas faziam um balanço do período findante sopesando os lucros e perdas dos últimos doze meses.

O poeta, entristecido com as amarguras do cotidiano, os revezes próprios e a infelicidade de terceiros, tornou-se depressivo, sentiu-se incabível no mundo físico, imaginou-se em um telhado, céu particular como rota de fuga, e escreveu uma carta de despedida.

Antes de endereçar a missiva, ele pensou: Para quem? Talvez para ninguém, porque abominava os parentes, morava só, não tinha amigos que chorassem sua morte, nem inimigos que se alegrassem com ela.

Acabrunhara-se com as imperfeições humanas, o egoísmo, a hipocrisia, as desonestidades, mas não concebia um isolamento absoluto delas. Conviver constituía imperativo pela força da necessidade. Decidiu então partir, insular-se nas alturas do seu telhado.

O telhado simbolizava um céu, mas não o céu imaginado pelos que creem nele como paraíso residencial das almas salvas. Era o céu dos irresignados com o que considerava o inferno da coexistência social.

O telhado era transparente, por que nada havia a esconder, mas não era de vidro como o dos corruptos, espatifável pelas merecidas pedradas. O poeta não compartilharia o seu espaço com os patifes, enojava-se com as putrescências das falcatruas deles, odor somente suportável as narinas acostumadas a carniça.

“O telhado era transparente, por que nada havia a esconder, mas não era de vidro como o dos corruptos, espatifável pelas merecidas pedradas”

Filho de pais ricos, não os perdoava por terem enriquecido à custa do sacrifício alheio, ignorando direito dos seus obreiros, ludibriando as partes com quem transacionavam em busca de lucros descabidos.

Queria uma sociedade perfeita, com relações baseadas na lealdade, no respeito, na solidariedade, sem leviandade nos amores, sem insinceridades familiares, sem falsos amigos.

Escreveu a mensagem para quem quisesse ler, jogou no lixo esperançoso de que fosse encontrada, mas se nunca fosse lida, não faria diferença, seria um desabafo para consigo mesmo.

Subiu à mesa que lhe serveria de patíbulo, colocou laço no pescoço, olhou a morte de frente, pulou no vazio sem ter medo.

O laço desfez-se com a pressão do corpo. O pretenso suicida desacordou-se por alguns instantes, a emoção o colocara em choque, semimorto no chão.

Um foguetório espocou no ar iluminando a noite que findava e o alvorecer do ano novo. O poeta voltou a si sem saber se estava vivo ou se estava morto. Uma luminescência ofuscante invadiu-lhe a mente, translucidez que o fez perceber como era linda a vida!

Reavaliou seus pensamentos. Sua intolerância para com os outros provocara falta de piedade para consigo próprio. Matar-se não é conduta de herói, é covardia. Além disso, falta com respeito a Deus, que ordenou: “Não matarás”. Não matar é a lei, nem aos outros nem a si mesmo.

As acadêmicas Marina, Larah e Jessica, ao lerem este escrito, acrescentaram em sua linguagem: “Se liga poeta!”

josepJosé de Siqueira Silva é Cel da PMPE,
mestre em Direito pela UFPE e
professor de Direito nas faculdades
IPESU e FOCCA

Contato: jsiqueirajr@yahoo.com.br

 

Produção de Zezé di Camargo esnoba imprensa e fãs em show no Réveillon do Jaboatão

Quem viu a dupla Zezé di Camargo e Luciano arrasando no palco do Réveillon, nem imagina o sufoco que passou alguns fãs e a imprensa nos bastidores da festa

02/01/2020 às 09:26 – Por Andros Silva 

camargo

Zezé di Camargo e Luciano no palco do Réveillon de Jaboatão. Foto: Andros Silva

Quem viu a dupla Zezé di Camargo e Luciano arrasando no palco do Réveillon do Jaboatão, nem imagina o sufoco que passou alguns fãs e a imprensa nos bastidores da festa. A produção dos Filhos de Francisco, foi arrogante e prepotente. Beirava o absurdo, a forma que os “profissionais” procediam junto as pessoas, alguns ali se descabelando para apenas fazer uma foto com a dupla. Um músico, fã confesso, chegou a literalmente chorar por um clique, recebendo em troca um curto e ríspido “deixem os caras em paz”. Uma mulher, esposa de um influente na Prefeitura do Jaboatão, comparou a cena com o Apartheid, regime racial implantada na África do Sul. Boa comparação, já que a obrigação de obedecer rigorosamente os separatistas, que delimitou com uma grade a área do Backstage, lembrava um pouco a época vivida por Nelson Mandela.

Recebidos no camarim – Algumas pessoas foram recebidas no camarim dos artistas para fazer uma foto ladeado pela dupla. Em sua maioria, ligados ao prefeito Anderson Ferreira e sua família. Uns vereadores da base de Anderson bancaram os doidos, ficaram por lá caminhando como se não soubessem onde estavam e acabaram conseguindo uma foto fora do camarim, de supetão, só Deus sabe como, com um dos cantores, pois também não tiveram vida fácil no local.

Imprensa da prefeitura – Os jornalistas, que trabalham para a Prefeitura do Jaboatão, até tentaram amenizar a situação, mas até eles tiveram dificuldades e foram barrados no espaço que ficava mais próximos aos cantores.

Imprensa – Uma equipe de TV esperou por horas, e em seguida foi informada que a dupla não iria recebê-los. O Blog do Andros, representado por Nizinha Lins e Andros Silva, teve apenas tempo para gravar uma música no palco, ficando num local quase impossível de captar boas imagens.

Acesso – O acesso só foi possível graças aos assessores de imprensa da Prefeitura do Jaboatão, Carlos Cavalcanti, Ricardo Dantas Barreto, além do secretário de Cultura Esporte e Lazer André Trajano, esses sim tiveram total dedicação, atenção e respeito ao trabalho da imprensa local, parabéns!

Ano passado – Contou com as apresentações dos cantores Avine Vinny, sucesso por todo o País, e o grande Batista Lima, ex-Limão com Mel. Os caras receberam todos no camarim, foram de uma atenção generosa com todos e até com os chatos no recinto. Lima por exemplo, ao perceber que nosso equipamento falhou, é acontece, pediu para seu produtor fazer nossas fotos e enviar via WhatsApp. Afinal, antes do artista, existe o ser humano.

Opinião – Foram muitos os momentos vexatórios no Backstage, mas vamos parar por aqui e ficarmos apenas com a boa lembrança da linda festa que foi organizada pela Prefeitura do Jaboatão. A dupla Zézé di Camargo e Luciano, desejo ainda mais sucesso e espero que um dia aprendam a ter um pouco mais de humildade. Eles dizem “não saber de nada”, impossível, pois o comandante sempre precisa saber como se comporta seus comandados. Ah… O comportamento é coisa antiga. O vídeo abaixo mostra um repórter da TV Nova Nordeste desabafando e questionando a dupla ao vivo. A entrevista, feita por esse cabra macho, aconteceu em Limoeiro-PE no ano de 2011. O momento do questionamento se dá quando o vídeo bate a casa dos quatro minutos e trinta e sete segundos (4:37). Ainda no mesmo ano, uma briga, entre os próprios Camargos, aconteceu justamente por atendimento ao seu público… Confira!