Aprovado projeto que reajusta salários dos ACS 

18/12/19 às 12:48 – Do site da Câmara 

imageee

Divulgação 

A Câmara de Vereadores de Jaboatão aprovou, sexta-feira (13), por maioria absoluta de votos, em segunda votação, o projeto de lei 027/2019, de autoria do Poder Executivo, que promove ajustes nos vencimentos iniciais dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, adequando a remuneração dos mesmos ao que preconiza o Governo Federal.

Antes de o projeto ir à votação, o presidente da Câmara, vereador Adeíldo da Igreja, recebeu uma comissão dos trabalhadores que, conjuntamente com os parlamentares, aprovou um acordo para que os reajustes da remuneração fossem escalonados para os anos de 2020 e 2021.

“Construímos uma solução negociada para atender prioritariamente os interesses dos trabalhadores, aprovando a pauta de hoje e nos comprometendo em continuar a lutar junto com eles pelos avanços nos anos seguintes. Durante a reunião conosco os representantes dos agentes concordaram que esta seria a melhor solução para o momento”, afirmou o presidente.

Ele lembrou que a sessão de hoje foi a 100ª reunião do ano, e encerrou os trabalhos legislativos de 2019. “Se não fosse votado hoje, o projeto ficaria pendente e só voltaria à pauta no ano que vem. A maioria dos trabalhadores entendeu o nosso esforço em votar e aprovar o projeto agora”, esclareceu Adeíldo.

Reginaldo Rossi: Assembleia Legislativa lembra seis anos sem o Rei

18/12/19 às 11:10 – Por Andros Silva 

rossi

Reginaldo Rossi durante um show em 2009. Foto: Renato Luiz Ferreira/FolhaPress

O Rei Reginaldo Rossi nos deixou em 20 de dezembro de 2013. Para lembrar a data, o deputado Wanderson Florêncio, propôs a Assembleia Legislativa uma reunião, merecida, que acontece nesta quarta-feira (18), às 18h, para homenagear à memória de Rossi. Eita saudade deste pernambucano arretado!

Oftalmologista dá dicas de cuidados com os olhos nas férias de verão  

Catarina Ventura alerta principalmente aos pais para que tenham atenção com os filhos

18/12/19 às 10:34 – Do Blog do Andros 

cv

A oftalmologista Catarina Ventura, destaca pontos importantes, principalmente às crianças, para que tenham o recesso tranquilo. Foto: Divulgação

Dezembro chegou! Mês de férias escolares, descanso, calor e também cuidados com a saúde ocular. Também é o período do verão, que começa no dia 22 de dezembro. A estação é muito boa para prática de atividades ao ar livre, mas é preciso ter cuidado. A oftalmologista Catarina Ventura, do Instituto de Olhos Fernando Ventura, destaca pontos importantes, principalmente às crianças, para que tenham o recesso tranquilo.

Piscina

“O cloro pode causar conjuntivite química. Esse produto afeta o filme lacrimal, que é o responsável para manter nossos olhos lubrificados e saudáveis. Passar muito tempo na piscina pode deixar os olhos avermelhados, irritados, a visão embaçada e com a sensação de areia. A dica é o uso de colírios lubrificantes e para quem utiliza lentes de contato, o ideal são os modelos de descarte diário, para não ter contaminação”.

Óculos escuros

“Entre ficar sem óculos escuros ou usar um sem proteção ultravioleta, é melhor ficar sem. Um falsificado dilata a pupila, favorecendo maior penetração da radiação. Por isto, é necessário que os óculos escuros protejam contra os raios UV que atingem as pupilas dilatadas, pois outra função dos óculos de sol é permitir que possamos ver melhor quando ofuscados por luz forte. Usar óculos sem proteção pode causar degenerações da conjuntiva, ceratites, catarata e doenças degenerativas da retina”.

Celular e videogame

“Nas férias, as crianças aproveitam para utilizar as telas do celular e videogame em excesso. Isso pode causar miopia, um erro de refração que afeta a visão à distância das pessoas. Também pode causar olho seco e ardência. Os pais devem ser criativos, estimular brincadeiras ao ar livre, um parque, um clube, interagir com os pequenos”.

Mar

“A água do mar pode conter impurezas além do sal, que podem causar irritação, olhos vermelhos, coceira e até conjuntivite. A dica é usar colírio lubrificante ao sair do mar e não coçar os olhos, pois pode causar lesões”.

 Filtro solar

“Se houver o contato com o olho, o filtro solar pode causar conjuntivite tóxica. Evite usar excessivamente, principalmente ao redor dos olhos. Prefira versões mais concentradas ou que sejam específicas para essa região mais sensível”.

 Areia e vento

 “A brisa pode causar problemas, provocando a evaporação das lágrimas e ressecamento da superfície dos olhos. Nesses casos, lance mão das lágrimas artificiais e não tire os óculos escuros. Já a areia pode causar irritações, os óculos podem ajudar”.