Nada Vazio Silêncio

16/07/19 às 09:07 –  Por Sidha Moitinho / Colunista Blog do Andros

emptiness

“Porque nada é nada? Nada, é o vazio, é o desamparo, é o gosto amargo, é a surdez, à voz que se cala…  Foto: Reprodução

Fez-se silêncio outra vez, sinto tudo a minha volta se aquietando e a alma tranquila sossegando seus pensamentos… Sentimentos não há… Apenas silêncio vagueando tornando o próprio silêncio em som estridente. Bom ouvir e sentir o vazio do silêncio outra vez me abraçando… Já naveguei tantos mares, os atravessei sem sabe nadar, as ondas revoltas me levaram mar adentro até me vomitarem na areia diante de um deserto escaldante.

Pés descalços  forcei a caminhar… Com as agulhas do sofrimento bordei bolhas em meus pés deslaçados de amor, de companhia, de alguém para me carregar em seus braços, pra me dar um abraço e aquietar a minha dor, quando meus soluços já tinham secado minhas lágrimas… Velhas lágrimas apertavam e exprimiam sem dó e sem piedade… Seguir em frente ou entregar ao fim? Quanto tempo passado por mim! Quanta gente atravessou meu caminho sem perceber minha presença… Nem preciso fechar os olhos para me ver em meio aquele deserto, olhando para imensidão do nada… Aonde é o nada? Que é o Nada? Porque nada é nada? Nada, é o vazio, é o desamparo, é o gosto amargo, é a surdez, à voz que se cala…

O Nada escondido no seu mundo sombrio se fazendo ser, se impondo… O nada, é a não  esperança e o riso que desvanece pelas agruras da vida… É o espelho mostrando as rugas… O nada é, quando a gente não tem explicação… A melancolia… O vacilo… O medo…  A coragem perdida… A frustração… O mundo escuro sem a luz de JESUS Salvador…  Mas o Silêncio é incrível, como se fosse as águas frias de um rio se acalmando depois que a noite teceu sua lona no céu pouco antes azul… Lá se vão às águas serenas seguindo viagem sempre na mesma direção… A procura de novos desafios…

Porque viver é isso:  barulhos e silêncios… Vida que segue…  Pelos dias alegres e tristes,  compreendo, Deus nunca desampara,  por isso sobrevivi e tenho vida pra viver. É seguro confiar no Senhor mesmo quando o mar se revolta ou silêncio nos aplaca convidando a solidão pra se sentar.

siSidha Moitinho é uma baiana que cresceu em Brasília, apaixonada por Pernambuco, mora em Jaboatão dos Guararapes há mais de 18 anos, cidade que ama e pela qual luta. É comunicadora social, bacharel em teologia, pastora, cineasta, coordenadora literária e escritora. Sidha ama escrever para crianças, atualmente vem promovendo seu conto infantil ‘Paulinho e o Vento’.

Contato: sidha.moitinho@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s