Deficiente visual assume coordenação na Secretaria de Direitos Humanos do Jaboatão

15/02/19 às 11:52 – Do site da Prefeitura 

ma

Foto: PJG/Divulgação

Bacharela em Direito, Marília de Mendonça foi a primeira formanda no Estado a receber o diploma em braile, entregue pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). E na quinta-feira (14), ela ganhou seu primeiro emprego, a convite do prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira. Marília assume a Coordenação do Segmento da Pessoa com Deficiência da Secretaria Executiva de Direitos Humanos. Sua nomeação faz parte do processo de inclusão profissional da atual gestão.

Ao fazer o convite, o prefeito Anderson Ferreira disse que Marília de Mendonça é um exemplo de perseverança. “Marília já venceu vários obstáculos, provando toda sua capacidade. E agora, chega para dar uma grande contribuição a nossa gestão. Nos últimos dois anos, criamos diversas oportunidades de inclusão, com a perspectiva de garantir o empoderamento de pessoas com deficiência. Nossa convicção é de que não existe barreira que impeça alguém de alcançar objetivos”, ressaltou.

Marília de Mendonça não escondeu a empolgação como seu primeiro emprego, principalmente por ser numa área com a qual se identifica. “É um novo desafio. Já atuei nas áreas de direitos humanos, com crianças e adolescentes, e com a saúde. Agora, na Prefeitura do Jaboatão, vou ter a oportunidade de trabalhar para garantir que as políticas públicas voltadas às pessoas com deficiência avancem ainda mais”, assegurou a coordenadora.

Apesar da deficiência visual, Marília disse que sempre procurou vencer as dificuldades. Não focou apenas nos estudos, mas, também, escolheu a música para passar sua mensagem a outras pessoas que também têm deficiência. Já gravou CDs e um DVD, com o objetivo de arrecadar recursos para entidades beneficentes, principalmente as que atuam com crianças com câncer.

Criança morre atropelada por motociclista na PE-007 em Jaboatão

Uma equipe de moto-resgate e uma ambulância do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local para realizar o socorro à vítima

15/02/19 às 09:56 – Da Folha de Pernambuco 

315157,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

PE 007, Vila Rica, Jaboatão dos GuararapesFoto: Reprodução/Google Street View

Uma menina, de 12 anos, morreu atropelada por um motociclista por volta das 15h30, na PE-007, sentido Moreno, em Vila Rica, no município de Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife.

Uma equipe de moto-resgate e uma ambulância do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local para realizar o socorro à vítima. Contudo, ao chegar no local, a criança encontrava-se em óbito, de acordo com informações dos Bombeiros. O motociclista teve apenas ferimentos leves e foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Curado, Zona Oeste do Recife.

Adolescentes da Funase aprendem a produzir adereços de Carnaval

Oficina, que usa massa de biscuit na fabricação de brincos, é ministrada por agente socioeducativa do Cenip Recife

15/02/19 às 09:51 – Da assessoria para o Blog do Andros 

2_Oficina

O material é distribuído gratuitamente entre familiares dos socioeducandos ou vendido para outros visitantes por até R$ 5 em bazares da instituição. Marcelo Vidal/SDSCJ

Gliter, cola e massa de biscuit. Com poucos ingredientes e muita criatividade, adolescentes internados provisoriamente na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) estão desenvolvendo uma atividade artística e profissionalizante em clima de Carnaval. A mistura colorida dá origem a brincos, colares e pulseiras artesanais que podem ser usados na hora da folia. O material é distribuído gratuitamente entre familiares dos socioeducandos ou vendido para outros visitantes por até R$ 5 em bazares da instituição.

As oficinas artísticas ocorrem no Centro de Internação Provisória (Cenip) Recife, unidade da Funase onde adolescentes com idades entre 12 e 18 anos passam até 45 dias aguardando decisão judicial sobre um eventual cumprimento de medida socioeducativa. Por conta do período reduzido de permanência e da alta rotatividade do público interno, o curso tem duração adaptada a essa realidade e é concluído em menos de uma semana, com turmas de oito socioeducandos. As aulas incluem noções sobre a modelagem e pintura da massa de biscuit, a decoração com gliter e a colocação delicada de pedrinhas coloridas. Por fim, basta aguardar a secagem.

1_Oficina

O projeto é acompanhado pela equipe de pedagogia da unidade que, neste início de 2019, está ganhando novos espaços para a prática de atividades educativas. Foto: Marcelo Vidal/SDSCJ

As aulas são ministradas pela agente socioeducativa Alexandra Rodrigues, que é assistente social e já havia desenvolvido as oficinas com outros públicos de adolescentes antes de começar a atuar na Funase, em outubro de 2018. Juntamente com outra agente, Adriana Nunes, a experiência com biscuit teve início ainda no período de férias escolares, quando foram produzidos enfeites para lápis. Em fevereiro, por conta da proximidade do período momesco, as atividades passaram a ter ligação com o Carnaval. “Cheguei aqui e percebi que havia possibilidade de desenvolver esse trabalho. Acredito que isso contribui para que eles saiam fortalecidos, com mais autonomia e até com possibilidade de gerar renda. É o papel do educador social, que é como me vejo”, destaca Alexandra.

O projeto é acompanhado pela equipe de pedagogia da unidade que, neste início de 2019, está ganhando novos espaços para a prática de atividades educativas, esportivas e de qualificação profissional. “Estamos preparando a programação do ano de maneira muito positiva, contando com salas para jogos, capoeira, informática e oficinas, com o apoio de vários funcionários que têm habilidades que podem ser transmitidas para os adolescentes”, afirma a coordenadora técnica do Cenip Recife, Cristyane Galindo. “Eu já estou no quarto dia de atividade e estou gostando. Acho muito importante aprender coisas novas”, complementa o socioeducando K.R., de 17 anos, que está participando da oficina de confecção de adereços carnavalescos.

Em Ipojuca, vereador Deoclécio inaugura clínica veterinária para atender animais domésticos de famílias carentes

15/02/19 às 09:40 – Da assessoria para o Blog do Andros 

ve

A clínica veterinária Samu Pet, é uma iniciativa do vereador Deoclécio Lira (PSB). Foto: Divulgação

A partir da próxima sexta-feira (15) a cidade de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR) ganhará um importante equipamento para atender cães e gatos de famílias carentes do município. A clínica veterinária Samu Pet, de iniciativa do vereador Deoclécio Lira (PSB), localizada nas proximidades do condomínio Reserva Ipojuca na comunidade Vila do Estaleiro abrirá oficialmente suas portas em solenidade prevista para às 10h.

Os atendimentos terão início na próxima segunda-feira (18) e inicialmente acontecerá de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 16h. A princípio, serão ofertadas consultas clínicas de baixa e média complexidade, além da castração animal. O serviço será voltado apenas a pessoas que não possuem condições de arcar com despesas veterinárias ou para o tratamento de animais de rua em situação de vulnerabilidade. No segundo caso, é preciso que o solicitante se responsabilize pelo animal de rua. Os atendimentos acontecerão por meio de agendamento a ser realizado pelo número do programa (81) 99299.5840.

clinicA

Os atendimentos terão início na próxima segunda-feira (18) e inicialmente acontecerá de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 16h. Foto: Divulgação

“Temos utilizado o nosso mandato em favor da causa animal. Destinamos, ano passado, emenda parlamentar no valor de R$ 356 mil para que a Prefeitura implante uma clínica veterinária municipal para atender animais domésticos da população mais carente. Lançamos com nossos próprios recursos o programa Samu Pet, que a princípio consistia em uma ambulância para transportar cães e gatos para unidades veterinárias e agora se materializa com essa unidade de saúde animal que terá atendimento 100% gratuito. É a nossa contribuição na defesa dos bichanos de nosso município”, destacou o vereador Deoclécio.

As datas de agendamento dependerão do nível de gravidade do animal, mas geralmente ocorrerão em 15 dias após a solicitação. A clínica não atenderá casos de emergência. O programa dispõe ainda de uma ambulância para o transporte de cães e gatos do município para unidades veterinárias. Em um mapeamento realizado pela equipe do Samu Pet foram cadastrados mais de 1,5 mil animais dentro do perfil para utilização dos serviços.

Bianka Carvalho recebe Título de Cidadã jaboatonense

“Dedico esta homenagem a todas as pessoas que, ao longo de toda minha carreira, confiaram em mim para contar suas histórias”, comentou a repórter da Rede Globo 

15/02/19 às 09:31 – Por Andros Silva 

bianka

A jornalista se emocionou com as palavras de carinho proferidas por amigos. Foto: Assessoria do vereador Adeildo da Igreja

A Câmara de Vereadores do Jaboatão preparou um super espetáculo para recepcionar a jornalista Bianka Carvalho, que recebeu ontem (13) o Título de Cidadã jaboatonense. A repórter da Rede Globo Nordeste ficou emocionada após ouvir depoimentos de amigos, entre eles, do consagrado Francisco José, que se fez presente na cerimônia. “Bianka é uma unanimidade entre nós. Ela representa o que há de melhor na imprensa pernambucana e brasileira. Nós, amigos de profissão, agradecemos à Câmara de Jaboatão por promover este reconhecimento”, disse o jornalista nacionalmente conhecido.

jose

Francisco José. Foto: Assessoria do vereador Adeildo da Igreja

Na Tribuna, Carvalho comentou que as palavras de Francisco José e todos que falaram tantas coisas lindas sobre ela a deixaram “extremamente feliz. Pois sei que, neste momento, estou sendo motivo de orgulho para os meus pais e eu sempre procurei proporcionar isto a eles. O jornalismo me deu muitos ensinamentos, me sinto lisonjeada com tudo que a minha profissão me proporcionou até hoje, inclusive este Título, que me orgulha demais. Dedico esta homenagem a todas as pessoas que, ao longo de toda minha carreira, confiaram em mim para contar suas histórias”, agradeceu. O autor do projeto que concedeu à jornalista o Título de Cidadã de Jaboatão foi o vereador e presidente da Casa Vidal de Negreiros Adeildo da Igreja. Do Blog, fica os parabéns pelo reconhecimento a colega.

bia

Bianka Carvalho agora é cidadã de Jaboatão. Foto: Assessoria do vereador Adeildo da Igreja