Ouvidoria Social instala núcleos de atendimento durante o Galo da Madrugada

Órgão, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, ficará responsável por receber e dar encaminhamento a denúncias de violações dos direitos sociais

27/02/19 às 15:28 – Da assessoria para o Blog do Andros 

_MG_6176

Foto: Marcelo Vidal

Com o objetivo de assegurar os direitos dos diversos segmentos sociais, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, vai instalar núcleos da Ouvidoria Social na Estação Recife, no Metrô, e no Fórum Thomaz de Aquino durante o desfile do Galo da Madrugada, no próximo sábado (02). A estrutura contará com uma equipe multidisciplinar de sete profissionais – formada por advogados, assistentes sociais e intérprete de libras -, que ficará responsável por receber e dar encaminhamento a denúncias de violações dos direitos dos foliões. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira, durante a coletiva da superintendência local do Metrô.

“Esse conjunto de profissionais estará recebendo as demandas e denúncias que envolvem a violação dos direitos de crianças, jovens, idosos, pessoas com deficiência, população LGBT e de diferentes raças e etnias, e vai dar os devidos encaminhamentos legais. Além disso, haverá o trabalho de sensibilização que será realizado com os foliões sobre a inclusão social, a garantia de direitos e a desconstrução do preconceito popular”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes. Para a campanha de conscientização, materiais informativos serão distribuídos durante o Carnaval.

_MG_6168

Foto: Marcelo Vidal

Durante o dia do Galo da Madrugada, a Ouvidoria também fará o processo de identificação em crianças através de pulseiras, que terão os principais dados do menor. No caso de perda, as crianças poderão ser identificadas e encaminhadas para suas respectivas famílias. “Esse trabalho é de extrema importância e já apresentou inúmeros resultados em anos anteriores, quando conseguimos levar até às famílias crianças que se perderam durante o desfile do Galo”, comenta a ouvidora Cibele Lopes.

A equipe atuará em parceria com órgãos estaduais, como Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Defesa Social, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiro Militar, e Ordem dos Advogados do Brasil, fazendo os devidos encaminhamentos. Além da Estação Recife, outra equipe, também composta por sete profissionais, estará atuando da mesma forma no Fórum Thomaz de Aquino, no mesmo horário – das 9h às 14h. Vale ressaltar que durante todo o Carnaval, a Ouvidoria Social estará de plantão, recebendo e fazendo o encaminhamento de denúncias de todo o Estado, durante 24 horas, através dos telefones: 0800.081.4421 / (81) 9 8494-1298.

Além da SDSCJ e da Superintendência do Metrê em Recife, a coletiva contou ainda com representantes da Rádio Patrulha, Corpo de Bombeiros, Batalhão de Choque, coordenação de grandes eventos da Secretaria de Defesa Social e coordenação do Juizado do Folião.

SERVIÇO:

Pauta: Ouvidoria Social instala núcleos de atendimento durante o Galo da Madrugada

Data: 02/03

Hora:14h às 17h

Local: Estação Recife e Fórum Thomaz de Aquino

Boi Treloso desfila no Bairro do Recife

Bloco, que é composto por adolescentes da Funase em regime de semiliberdade, terá concentração na Rua do Apolo

26/02/19 às 13:50 – Da assessoria para o Blog do Andros 

pre

Divulgação

 A 7ª edição do Bloco Boi Treloso vai ganhar as ruas do Bairro do Recife nesta quarta-feira (27). O evento, que é realizado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), reúne socioeducandos atendidos nas Casas de Semiliberdade (Casem) da instituição em todo o Estado, além de funcionários e ex-servidores. O desfile é aberto ao público. A concentração ocorrerá às 18h, na Rua do Apolo, em frente à Di Branco Recepções. Cerca de 200 pessoas devem participar da festa.

Mesmo passando a desfilar no Recife já em seu segundo ano, o Boi Treloso sempre manteve a ligação com sua origem, Caruaru, local do primeiro desfile. O bloco surgiu como uma iniciativa de funcionários da Casem situada no município e seguiu sendo preparado lá ao longo dos anos. Nesta edição, uma novidade: a parceria com o artesão Antônio Alexandre da Silva, que tem um ateliê em Bezerros, viabilizou que o boi passasse a ser feito com papel machê, ficando bem mais leve que a antiga estrutura de madeira. A customização foi realizada pelos adolescentes atendidos na Casem Caruaru, durante oficinas de artesanato.

“Levamos para o mestre Alexandre a proposta de fazer o boi com um material diferente. Pagamos pelos itens, com recursos do bazar que a Casem realiza, e ele fez o trabalho, além de orientar uma oficineira da unidade sobre como deve ser feita a customização. Mesmo sendo um momento de diversão, o evento serve como aprendizado. Os adolescentes estão tendo a oportunidade de fazer esse resgate da nossa cultura, o que contribui com a socioeducação”, diz a coordenadora geral da Casem Caruaru, Anabel Brandão.

O bloco foi abraçado por outras Casas de Semiliberdade da Funase e vem se destacando pelo cunho social. Atualmente, adolescentes atendidos em vários municípios participam do desfile. Quem acompanhar o bloco neste ano usará abadás nas cores verde e branca. A parte musical terá a participação de integrantes do Maracatu Fantástico A Cabra Alada.

“O boi, além de trazer a nossa cultura, trabalha no processo educativo. É um trabalho social, um momento de pura integração. A alegria faz com que diversas pessoas de fora da instituição sejam atraídas para o nosso meio. A inserção dos adolescentes da semiliberdade é muito importante nesse processo”, afirma a assessora técnica de Casas de Semiliberdade da Funase, Vitória Barros.

SERVIÇO

 Bloco Boi Treloso

Data: Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019
Horário: 18h
Local: Rua do Apolo, Bairro do Recife – em frente à Di Branco Recepções

HPV, uma ameaça no Carnaval

Especialistas da Oncoclínica Recife e Multihemo esclarecem dúvidas sobre o assunto

26/02/19 às 13:40 – Por Multi Comunicação/Blog do Andros 

sexo

Divulgação

Faltam poucos dias para o Carnaval. No noticiário é comum alertas sobre DST, principalmente HIV. Mas outra sigla de três letras merece atenção, o HPV (Papiloma Vírus Humano). Essa doença sexualmente transmissível atinge, em geral, a população jovem (de 14 a 29 anos) e pode, inclusive, induzir ao câncer. O ginecologista oncológico Diógenes Fontão, da Oncoclínica Recife, e a oncologista Renata Travassos, da Multihemo, esclarecem dúvidas sobre o tema.

Cerca de 80% das mulheres sexualmente ativas terão contato com um ou mais tipos do papiloma vírus humano (HPV) ao longo da vida. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 50% da população mundial masculina está infectada. “O HPV é um vírus transmitido principalmente pelo contato direto com pele e mucosas. O modo mais comum de transmissão é por meio do ato sexual. Por isso pode ser considerado uma doença sexualmente transmissível. O vírus infecta a pele e as mucosas, podendo causar desde infecções assintomáticas, verrugas e até lesões precursoras de câncer, que podem evoluir para o câncer de colo de útero, garganta, boca, pênis ou ânus”, destaca o médico da Oncoclínica Recife, Diógenes Fontão.

Câncer – o tumor de colo do útero tem o HPV como um dos principais agentes causadores desta neoplasia, atingindo cerca de 16 mil mulheres no Brasil por ano, o que já faz dele o terceiro tipo de câncer mais prevalente entre a população feminina. A doença é silenciosa e, por isso, em cerca de 35% dos casos acaba levando à morte. A oncologista Renata Travassos, da Multihemo, explica que esse tipo de infecção pode ocasionar alterações celulares no corpo da mulher, evoluindo para um tumor maligno. “A prevenção está diretamente relacionada à diminuição do risco de contágio pelo HPV, ou seja, para impedir a contaminação pelo vírus é importante o uso da camisinha durante a relação sexual. Outra forma de prevenção efetiva contra o câncer de colo do útero e outras infecções é através da vacinação, que está recomendada para homens e mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual.

Quando o câncer de colo de útero é diagnosticado precocemente, é possível reduzir em até 80% o risco de metástase e outras complicações. Por isso, especialistas aconselham que as mulheres mesmo vacinadas realizem os exames periódicos, como o Papanicolau.

Mulher Na Política

25/02/19 às 16:12 – Por Sidha Moitinho / Colunista Blog do Andros

9458791801_0a852485d6

Celina Guimarães foi a primeira mulher a votar no Brasil, no ano de 1927. Foto: Reprodução da internet

A história é uma mãe gentil, porém, firme, nunca deixará de fazer jus aqueles que precederam na luta antes de uma conquista. A história jamais deixará de nomear os valentes e não esconderá os fracos. Na linha do tempo a história caminha altaneiramente para honrar aos heróis e as heroínas, lançando luz a escuridão, onde o tempo tenta encobrir as pegadas dos guerreiros. Antes de falarmos sobre o dia 24 de fevereiro de 1932, dia em que as mulheres tiveram o voto feminino validado no Brasil, devemos dá uma rezinha no túnel do tempo, para festejarmos também, a bravura de Celina Guimarães Viana que inteligentemente soube fazer valer a lei 660 de outubro de 1927, para votar nas eleições de 5 de abril de 1928.

A lei regia que o eleitorado para participar das eleições eleitorais, deveria fazer alistamento. A professora formada pela escola Normal de Natal foi até o cartório de Mossoró Rio Grande do Norte, onde se inscreveu para votar, juntamente com outras seguidoras. A vida é uma jornada incrível, e os exemplos de coragem se entrelaçam como uma fonte viva para dar voz e vez aos que vem agora e aos outros que virão depois. Temos que aplaudir o Rio Grande do Norte por ser o primeiro estado do Brasil a regulamentar seu sistema eleitoral para ambos os sexos.

Infelizmente o Senado composto por homens sem compreensão da importância da mulher na sociedade e na política negou o reconhecimento do voto da professora Celina, contudo, não poderem tirar dela o feito de inaugurar a política feminina no Brasil. As mulheres não se deram por vencidas, em 24 de fevereiro de 1932, no governo de Getúlio Vargas, o dia nasceu feliz para muitas mulheres que compreendiam o valor do seu papel na política, e que agora tinham seu direito ao voto. Mas como a vida é feita de processos, as mulheres ainda tiveram algumas restrições como: mulher não poderia ser candidata a cargos executivos ou legislativos, os maridos precisavam autorizá-las para votarem, viúvas e solteiras só poderiam votar comprovando renda própria.

Dois anos mais tarde as mulheres conseguiram eliminar as restrições ao voto feminino, sendo que somente os homens eram obrigados a votar. Ainda temos muito o que fazer para tornar as mulheres de hoje mais comprometidas com a política, pois a maioria de nós, está alheia a importância do nosso papel político, e desinformadas quanto ao valor e o poder que tem seu voto. Mulher inteligente gosta de política, entende de política, tem opinião formada, e acredita no processo eleitoral independente “dê…” porque ela tem consciência de que seu voto importa para mudar as estruturas decadentes da sociedade onde ela vive, trabalha e cuida da sua família, pois ela está empoderada como eleitora para acabar com a politicagem por meio do voto esclarecido.

Somos a maioria do eleitorado brasileiro, temos que olhar para história e aprender com as mulheres do passado, que a custas de lágrimas, sangue e suor abriram o caminho para a mulher entrar na política. Precisamos ser mais leais umas para com as outras. Homens e mulheres precisam dar mais oportunidade para as mulheres fazerem política em Jaboatão do Guararapes. Temos testemunhado as gentes de fora tomando conta da nossa cidade, temos visto e sofrido os descalabros de uma política machista e desumana Brasil a fora. Está na hora das mulheres de Jaboatão amadurecerem politicamente e sentarem-se na cadeira da prefeitura, e unidas com a sociedade Jaboatonense, também, colorirmos as cadeiras da Câmara dos Vereadores de Rosa, Verde e Amarelo.

siSidha Moitinho é uma baiana que cresceu em Brasília, apaixonada por Pernambuco, mora em Jaboatão dos Guararapes há mais de 18 anos, cidade que ama e pela qual luta. É comunicadora social, bacharel em teologia, pastora, cineasta, coordenadora literária e escritora. Sidha ama escrever para crianças, atualmente vem promovendo seu conto infantil ‘Paulinho e o Vento’.

Contato: sidha.moitinho@gmail.com

Fala leitor: Em Jaboatão, crianças precisam caminhar dois quilômetros para conseguir pegar ônibus escolar

25/02/19 às 10:59 – Por Nizinha Lins 

rua

Acesso encontra-se em perfeito estado e moradora quer entender os motivos do carro não trafegar pela via. Foto: Cortesia

Uma leitora e mãe de alunos que residem nas proximidades da Barragem Duas Unas, procurou o Blog do Andros em busca de ajuda na esperança de solucionar um problema que vem deixando sua rotina ainda mais árdua.

Ela conta que o ônibus escolar da Prefeitura do Jaboatão, não está passando na rua Antônio Nascimento, obrigando os seus e os filhos dos vizinhos caminharem sob sol forte por dois quilômetros de estrada de terra quente até o ponto mais próximo, onde passa a condução escolar.

De acordo com a moradora, o motorista alega que não consegue acesso, por conta das más condições da via. Ela nega e enviou imagens mostrando que a estrada recebeu manutenção recente, deixando o caminho livre para a passagem de carros de grande porte.

“As crianças estão tendo dificuldades pra chegarem até o ônibus escolar, porque o mesmo passa somente numa rua principal vindo dos outros engenhos, alegando que a estrada daqui está de difícil acesso.

cri

Alunos precisam caminhar dois quilômetros para conseguir condução. Foto: Cortesia

Porém isso não confere, pois foi passado o Trator e melhorou bastante a estrada, então não é esse o motivo, o qual eu não sei e não entendo essa atitude. Moramos muito distante de onde este ônibus escolar passa num determinado horário pra buscá-las”, contou. Os alunos estudam na Escola João Bosco de Sena, localizada no bairro de Santo Aleixo. O Blog do Andros vai em busca de respostas junto a assessoria de imprensa do município.

 

 

 

Público enche Praça do Arsenal e prestigia palco Frei Caneca

25/02/19 às 10:40 – Por site.carnavalrecife

47204348051_30a67c2d34_k-1024x683

Praça do Arsenal recebeu grande público e prestigiou Palco Frei Caneca. Foto: Sérgio Bernardo/PCR

A estreia da prévia da Frei Caneca FM não poderia ter sido melhor. Um público colorido, alegre e disposto lotou a Praça do Arsenal, neste domingo (24), para prestigiar shows do trio Alessandra Leão, Isaar e Karina Buhr, Dona Onete e o projeto Batucada ao Vivo.

Antes o Bloco Pen Drive da Madrugada, inspirado em programa de mesmo nome, promoveu cortejo de estandartes iniciado à tarde na Praça da Independência (também conhecida como Praça do Diário), no centro da cidade, e encerrado em frente ao palco da Frei Caneca. Ao principal convidado do desfile, o Clube Carnavalesco Mistro Elefante de Olinda, juntaram-se os blocos do Nada, Grêmio Anárquico Feminístico Essa Fada, Eu me vingo de tu no Carnaval, Bloco Sobrecú, Me Segura se não eu Caio e Bloco da Ursene. A parte musical foi garantida pela Orquestra do Maestro Lessa.

Às 18h em ponto, conforme previamente divulgado, os locutores da FC anunciaram a entrada do trio Alessandra Leão, Isaar e Karina Buhr. As três tocaram músicas de suas carreiras solo e outras da antiga banda da qual participaram, a Comadre Fulorzinha. A plateia vibrou do começo ao fim com o show das moças.

Promover o respeito à diversidade é uma das inúmeras diretrizes da rádio pública municipal. Sendo assim, a Frei Caneca FM aproveita o Carnaval para falar sobre a vivência e as dificuldades enfrentadas pela parcela da população que se identifica como transsexual, transgênero ou travesti. Aurora Jamelo, que é uma das idealizadoras e responsáveis pela campanha, subiu ao palco para falar sobre o tema e obteve apoio do público presente, que aplaudiu a fala dela.

onete

A “gata selvagem”, apelido dado à cantora pelo cineasta pernambucano Lírio Ferreira, deixou o palco sob aplausos e gritos entusiasmados. Foto: Sérgio Bernardo/PCR

Acompanhada por uma banda azeitada e experiente, a paraense Dona Onete fez muita gente dançar agarradinho com seu carimbó repleto de sensualidade e referências à rica cultura do seu estado de origem. A “gata selvagem”, apelido dado à cantora pelo cineasta pernambucano Lírio Ferreira, deixou o palco sob aplausos e gritos entusiasmados. Agora ela e seus músicos seguem para uma série de shows na Austrália e Nova Zelândia.

O projeto Batucada ao Vivo encerrou a noite, reunindo, pela primeira vez, músicos e compositores que integram a cena do samba autoral pernambucano. Seis das principais rodas de samba de resistência da cidade foram representadas no Palco Frei Caneca, além dos grupos Terra e Cadência. A cantora e apresentadora Ana Paula Guedes, mentora do projeto No Meu Morro dá Samba (Morro da Conceição), e também integrante do grupo Voz Nagão, conduziu o grande encontro do samba feito no estado.

Acidente deixa três mortos em Sucupira, Jaboatão dos Guararapes

Grupo de amigos estava em um Voyage e não resistiu ao impacto da colisão do carro com um muro

25/02/19 às 10:08 – Do OP9 

nocarro

Foto: Cortesia 

Um grave acidente deixou três mortos, na madrugada deste domingo (24), na Avenida General Manoel Rabelo, em Sucupira, Jaboatão dos Guararapes. Um grupo de amigos estava em um carro Voyage, ano 1994, placas KFE-5653, quando o motorista perdeu o controle do carro e bateu num muro entre duas igrejas, na PE-007. Os ocupantes do automóvel estariam sem cinto de segurança.

As vítimas foram identificadas como Edilson Estêvão de Queiroz, Diógenes Marcelo Costa e Alexandre Marcelo Costa, os dois últimos eram irmãos. Eles moravam no bairro de Socorro, também em Jaboatão. O motorista e o passageiro que estavam na parte da frente do carro morreram na hora. O outro ficou preso às ferragens e, após tentativas de reanimação, também faleceu no local. O quarto ocupante, Jurandir Pedro da Silva, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Otávio de Freitas, no Recife.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 4h, mas só chegou ao local 30 minutos depois. Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Recife, e aguardam liberação e reconhecimento da família. O delegado Joaquim Braga Neto, da Delegacia de Prazeres, também esteve no local, bem como a equipe do Instituto de Criminalística.

Carnaval requer cuidados com a pele e os olhos

22/02/19 às 12:14 – Por Multi Comunicação/Blog do Andros 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

purpurina

Divulgação

Durante o período carnavalesco, todos querem caprichar na produção e para isso não economizam no uso de adereços, maquiagens e muito brilho. Mas será que itens como o glitter e os cílios de led, que estão em alta, podem causar algum problema à saúde? É preciso ter uma preocupação maior na hora da compra? E na aplicação e remoção, existe algum cuidado especial?
Confira abaixo algumas dicas para se divertir usando cílios de led, glitter e maquiagem sem riscos: Continuar lendo

Sabine Braga: Multiartista, Belíssima e Empoderada

22/02/19 às 10:12 – Por Sidha Moitinho / Colunista Blog do Andros

sabine

“Sabine é simplesmente uma “multidiva das artes” – Ela nasceu para desenhar, pintar, escrever, cantar, fazer o que quiser com seu poder criativo”. Foto: Arquivo pessoal

Sabine Braga, um rosto bonito e uma silhueta de fazer inveja, descreveriam os olhares mais atentos ao exterior desta mulher deslumbrante, enquanto os olhares mais profundos, voltados para o coração, diriam tudo isso, e muito mais sobre esta artista versátil, inteligente, comunicativa, altamente competente em tudo que realiza. Dentro desta mulher linda, existe um ser humano espetacular, colorido, divertido, criativo, generoso, com um coração enormemente amável, que mostra através do seu doce e meigo olhar a menina sapeca que é.

Sabine é simplesmente uma “multidiva das artes”- Ela nasceu para desenhar, pintar, escrever, cantar, fazer o que quiser com seu poder criativo. Ela é uma dessas pessoas que tudo que faz, a gente admira, pois nos cativa além do nosso olhar. Nosso Deus! Sabine Braga é uma multiartista sensacional! Sua vida às vezes parece um drama, noutra pura melodia, passado mais um pouco, vira um conto de fadas, e se a gente espera mais um pouquinho, dá romance que inspira novela, pinta telas, escreve história, ilustra livros, e faz seu show. Continuar lendo

Mulher encontra rato dentro de embalagem de pipoca em Jaboatão

A vítima relatou que passou mal horas após o consumo e precisou ser levada à UPA

20/02/19 às 12:23 – Do JC Online 

25d60c428731d9a361582c757a31fca1

O roedor foi encontrado no final da embalagem
Foto: Reprodução/ TV Jornal

Uma mulher encontrou um rato dentro de uma embalagem de pipoca na última sexta-feira (15). De acordo com Edilene Silva, o animal foi encontrado quando o lanche já havia terminado. O caso aconteceu por volta das 17h30 quando a filha da vítima comprou a pipoca em um mercado próximo à casa de Edilene, no bairro de Sucupira, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

A vítima relatou à TV Jornal que três horas e meia depois, por volta das 21h, passou mal e precisou ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Engenho Velho, também em Jaboatão dos Guararapes. “Fiquei sem respirar, com mal estar e com a garganta irritada”, declarou Edilene, que prestou queixa na Delegacia do Consumidor nessa segunda-feira (18).

Vistoria

De acordo com a delegada Beatriz Gibson, a marca da pipoca em que o rato foi encontrado passou por vistoria realizada pela Delegacia do Consumidor e pela vigilância sanitária e não foram encontradas irregularidades. “Devido a gravidade da situação, nós encaminhamos para o Instituto de Criminalística. Há várias nuances: o IC pode constatar que o rato passou por altas temperaturas, então podemos deduzir que ele realmente possa ter sido torrado junto às pipocas. Pode concluir que o rato estava dilacerado, e aí, como perícias que já foram feitas aqui, pelo corte ele constata que pode ter sido de máquinas seladoras”, disse a delegada.

Recife e Jaboatão firmam parceria para circulação de táxi no carnaval

20/02/19 às 12:18 – Do Diario de Pernambuco 

20190219135619972502a

Foto: Prefeitura de Jaboatão/Divulgação

As cidades do Recife e de Jaboatão dos Guararapes firmaram uma parceria para circulação de táxis entre os dois municípios durante o carnaval 2019. O convênio vale a partir desta quarta-feira (20) e vai até o próximo dia 6 de março, na Quarta-feira de Cinzas. O objetivo da medida é facilitar o transporte para os foliões no período da festa. Em Jaboatão, há 1.022 táxis cadastrados. No Recife, são mais de 6 mil veículos.

Bloco carnavalesco com adolescentes e funcionários da Funase desfila em 27 de fevereiro

Boi Treloso, que começou como ação da Casa de Semiliberdade de Caruaru, chega à sétima edição saindo pelo Bairro do Recife

20/02/19 às 11:00 – Da assessoria para o Blog do Andros 

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

preparativo

Nesta sétima edição, uma novidade: a parceria com o artesão Antônio Alexandre da Silva, que tem um ateliê em Bezerros, viabilizou que o boi passasse a ser feito com papel machê. Foto: Divulgação/Funase

Maracatu, ciranda e coco marcarão a sétima edição do Bloco Boi Treloso. O evento, que é realizado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), ganhará as ruas do Bairro do Recife em 27 de fevereiro. Socioeducandos atendidos nas Casas de Semiliberdade (Casem) da instituição, além de funcionários e ex-servidores, participarão do desfile, que é aberto ao público. A concentração será às 18h, na Rua do Apolo, em frente à Di Branco Recepções. Cerca de 200 pessoas devem participar da festa.

Mesmo passando a desfilar no Recife já em seu segundo ano, o Boi Treloso sempre manteve a ligação com sua origem, Caruaru, local do primeiro desfile. O bloco surgiu como uma iniciativa de funcionários da Casem situada no município e seguiu sendo preparado lá ao longo dos anos. Nesta sétima edição, uma novidade: a parceria com o artesão Antônio Alexandre da Silva, que tem um ateliê em Bezerros, viabilizou que o boi passasse a ser feito com papel machê, ficando bem mais leve que a antiga estrutura de madeira. A customização está sendo feita pelos adolescentes atendidos na Casem Caruaru, durante oficinas de artesanato. Continuar lendo

Shevchenko e Elloco, ícones do brega-funk de Pernambuco, confirmados no Rec-Beat

Festival celebra o gênero ao trazer os MCs que se tornaram fenômenos com hits como “Toma Empurradão” e “Gera Bactéria”

19/02/19 às 13:52 – Da assessoria do Rec Beat Festival

banner-carnaval-blogdoandros-ligado

she

Shevchenko e Elloco. Foto: Divulgação

Shevchenko e Elloco, a dupla que é o maior fenômeno na música em Pernambuco atualmente, é uma das atrações do Rec-Beat 2019 e leva para o palco do Cais da Alfândega seus hits do brega funk. A apresentação ainda conta com participação do grupo de dança do duo, Os Lokos do Passinho. O festival acontece no Carnaval, de 2 a 5 de março e a entrada é gratuita.

Shevchenko e Ellloco são os principais expoentes do gênero e fizeram sucesso com faixas disponibilizadas no YouTube como “Tome Empurradão”, “Braba de Milionário” e “Gera Bactéria”, hits que já contabilizam dezenas de milhões de visualizações. Eles também planejam a estreia de músicas que estarão presentes no novo disco.

O brega-funk é hoje um dos maiores sucessos musicais do país e uma das mais legítimas expressões das periferias. Além de um fenômeno cultural, o brega é patrimônio musical de Pernambuco segundo definiu a lei 16.044, de 2017, destacando a sonoridade original do ritmo nascido no Estado.

O Rec-Beat sempre foi pioneiro ao dar visibilidade às mais diversas expressões musicais, sem preconceito de gênero ou origem e com o brega funk não tem sido diferente. O festival foi o primeiro a abrir espaço para este ritmo, ao programar, no ano passado, o MC Tocha. Dono de hits como “Paralisou”, Tocha fez um show histórico que misturou brega com ritmos da cultura popular, além de fazer todo mundo dançar com seus hits românticos.

Neste ano, o público vai cantar e dançar junto com os hits de Shevchenko e Elloco com direito aos passinhos sarrada, ombrinho, laço e puxada. “Esse passinho é novo e nasceu na favela / Nós manda embrazado, lá dentro do brega”, já diz a letra de “Gera Bactéria”, faixa que é um dos hits virais de 2018.

Saúde é um bem pessoal e social

19/02/19 às 11:56 – Por Sidha Moitinho / Colunista Blog do Andros

IMG-20190219-WA0006p

Unidade de Saúde localizada em Jaboatão esta há dez anos sem funcionalidade. Foto: Sidha Moitinho

Como não se sentir um boboca depois de uma Eleição? É o que me pergunto ao deparar com a realidade da saúde em nosso município. Agradeço a Deus com humildade, por não depender da saúde pública, mas nem por isso deixo de me constranger ao pensar no que a população passa diante de uma saúde pública minguada, doente no sentindo mais miserável que possa dizer tais palavras. Os recursos nunca são suficientes para atender as necessidades dos médicos, nem dos funcionários e muito menos dos doentes e de suas famílias. Jesus ensina que não devemos publicar as obras que fazemos, mas ao olhar a bíblia veremos que as injustiças sociais devem ser rejeitadas e denunciadas veementemente.

Um carro velho com vários defeitos pode funcionar, até pegar estrada, mas isso não anula a realidade do seu mau estado e de que qualquer momento irá parar no ferro velho. Um micro-ondas pode ser ligado e esquentar a comida, mas isso não significa que seu estado geral esteja bem, ele pode apenas está trazendo mais risco contra a saúde do seu usuário. Funcionar não quer dizer que esteja a contento, em bom estado, com qualidade para o uso. A saúde sempre funcionou como tudo neste país funciona: precariamente, vergonhosamente, dolorosamente. A má administração dos serviços públicos mais causam danos a população do que resolvem seus problemas. Continuar lendo

Moradores reclamam de esgoto aberto em Jaboatão

Ainda segundo os moradores, a tampa já foi consertada várias vezes, mas o problema ressurge afetando, inclusive, no comércio das proximidades

19/02/19 às 09:35 – Da Folha de Pernambuco 

315548,930,80,0,0,930,560,0,0,0,0

Moradores e comerciantes da avenida Ulisses Montarroyos, em Candeias, reclamam que a tampa de um dos esgotos da rua vive constantemente quebrada por não aguentar o peso dos carros que circulam pelo local. Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Moradores e comerciantes da avenida Ulisses Montarroyos, em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife, reclamam que a tampa de um esgoto, que fica próximo a uma parada de ônibus, vive constantemente quebrada por não aguentar o peso dos carros que circulam pelo local.

Ainda segundo os moradores, a tampa já foi consertada várias vezes, mas o problema ressurge afetando o cotidiano e o comércio das proximidades. Segundo o morador João de Mendonça, várias pessoas já caíram dentro do buraco; para evitar novos acidentes, um pneu foi colocado no local. “Até uma criança já caiu nele, além de alguns carros que já ficaram com a roda presa dentro do esgoto. Isso é um absurdo”, ressaltou.

A reportagem da Folha de Pernambuco esteve no local após o leitor Fábio Júnior da Silva enviar a denúncia para o WhatsApp do Portal FolhaPE – (81) 98187.9290. Na mensagem, ele disse não ser a primeira vez que usam uma solução paliativa no local. “É um absurdo. Pagarmos os nossos impostos, mas não temos retorno”, criticou. Continuar lendo