Funase contratou número recorde de agentes socioeducativos em 2018

Ao todo, 608 profissionais passaram a atuar nas unidades socioeducativas, 496 deles somente na Região Metropolitana do Recife

28/01/19 às 16:04 – Da assessoria para o Blog do Andros 

agentes

Imagem: Divulgação/Funase

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) contratou, em 2018, um número recorde de agentes socioeducativos para dar apoio às atividades desenvolvidas junto aos adolescentes e jovens atendidos nas 24 unidades da instituição. Ao todo, foram admitidos 608 profissionais dessa categoria. Só na Região Metropolitana do Recife (RMR), 496 vagas foram preenchidas. Quando se considera os últimos quatro anos, esse total é ainda mais expressivo: 1.698 novos agentes socioeducativos. A recomposição do quadro de pessoal é um dos avanços possibilitados pelo Plano Emergencial do Sistema Socioeducativo, elaborado em 2017.

A atuação dos agentes socioeducativos nas unidades da Funase é essencial, uma vez que esses profissionais desempenham ações como o acompanhamento de atividades pedagógicas desenvolvidas com os socioeducandos dentro e fora do ambiente de cumprimento da medida. A recomposição do quadro de pessoal foi possível por meio da realização de seleções simplificadas em municípios como Caruaru, Vitória de Santo Antão e Arcoverde, além de um certame na RMR, onde há a maior concentração de unidades. Os novos profissionais foram capacitados no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos de Pernambuco (Cefospe). No fim de 2018, ainda foi aberta uma seleção com 12 vagas para Timbaúba, com resultado previsto para os próximos dias.

O Plano Emergencial do Sistema Socioeducativo ainda possibilitou que outras ações de valorização fossem postas em prática, como o reajuste salarial concedido a agentes e assistentes socioeducativos, de 20%, em 2017, e de mais 20%, em 2018. No ano passado, eles também passaram a contar com carteiras funcionais, que facilitam a identificação quando é necessário o acesso a instituições de ensino, de saúde e outros locais onde precisem acompanhar socioeducandos. Esses profissionais também participaram de capacitações específicas. Mais de 300 fizeram cursos que abordaram defesa pessoal, gerenciamento de crises e o manuseio de novos equipamentos de segurança, como detectores de metal de solo usados para varreduras nas unidades socioeducativas.

Para a presidente da Funase, Nadja Alencar, ações como essas, que estarão contidas no Balanço Anual de 2018 da instituição, mostram como a execução do que está previsto no Plano Emergencial do Sistema Socioeducativo vem melhorando o atendimento aos adolescentes e jovens. “Fizemos uma contratação de quase 500 agentes somente na Região Metropolitana e isso tem possibilitado que a Funase atue com um número de profissionais muito equilibrado em relação às diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), respeitando a proporção de um agente para quatro adolescentes. Ainda há muito o que ser feito, mas temos convicção de que as ações já adotadas vêm valorizando o trabalho dos profissionais da nossa instituição”, destaca.

Evolução do número de agentes socioeducativos contratados

2015: 387

2016: 318

2017: 385

2018: 608

Total dos últimos quatro anos: 1.698 agentes contratados

1° PIEDADE RUN SOLIDÁRIO contou com o apoio do vereador Marlus Costa

Evento teve como objetivo fomentar a prática do esporte e arrecadar recursos para o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer – NACC

28/01/19 às 15:16 – Por Nizinha Lins 

m1

Vereador Marlus Costa foi um dos entusiasta do evento. Foto: Divulgação

No último domingo (27) aconteceu o 1° PIEDADE RUN SOLIDÁRIO. O evento, organizado pelo Líder Centro Educacional, levou para Piedade atletas amadores e profissionais empenhados em arrecadar recursos para o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer – NACC. A corrida passou pela Av. Barreto de Menezes, rua Arão Lins de Andrade, AV. Aírton Senna e finalizou o percurso no mesmo ponto de partida, em frente a Toyolex de Piedade.

m3

Domingo foi de causa solidária para o vereador Marlus Costa. Foto: Divulgação

Um dos apoiadores, o vereador Marlus Costa, falou sobre a importância de participar do evento solidário e prometeu batalhar para que outros com a mesma causa aconteçam na cidade. “Acordar às 5h, se organizar para uma corrida não foi nada mal. Faz bem para a saúde e para a vida. Iremos trabalhar para que outros eventos como esse aconteçam na cidade de Jaboatão.”, disse o vereador.

Grande Recife registra raios, chuva intensa e ruas alagadas

28/01/19 às 15:09 – Do G1 PE 

frame-00-00-02.688

Carro dentro da água no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

A Região Metropolitana do Recife registrou raios, trovões e chuva intensa durante a madrugada e a manhã de hoje. Há registro de ruas alagadas tanto na capital pernambucana, quanto nas cidades de Olinda e Paulista. Moradores do Espinheiro, no Recife, também relataram falta de energia no bairro pela manhã.

A Associação Pernambucana de Águas e Climas (Apac) emitiu alerta para a possibilidade de chuva e trovoada ao longo desta segunda, com intensidade moderada a forte no Grande Recife, Mata Norte e Mata Sul do estado. A previsão é válida até o fim do dia.

Segundo a Apac, até as 9h50, o ponto onde mais choveu na Região Metropolitana foi o bairro do Janga, em Paulista, onde foram registrados 83,84 milímetros nas últimas 12 horas. Continuar lendo

Cobra é capturada em parada tomada pela água na Dantas Barreto

28/01/19 às 14:54 – Do Diario de Pernambuco

20190128125649889596a

Comerciantes acionaram Corpo de Bombeiros e o Ibama, mas nenhum dos órgãos chegaram ao local. Foto: Cortesia.

Em meio ao temporal no Centro do Recife, uma cobra com cerca de um metro foi capturada, nesta manhã, pelo comerciante Rafaell Cavalcanti de Lima. Ele contou que a cobra foi vista em uma parada de ônibus alagada na Avenida Dantas Barreto e assustou um homem que estava no local. Rafaell pegou o réptil com a ajuda de um outro comerciante do Camelódromo.

A cobra foi colocada dentro de uma caixa furada para dar condições do animal respirar. Rafaell disse que ligou para o Ibama ir ao local resgatar a cobra, mas teria sido informado que ele mesmo deveria levá-la ao instituto. O Corpo de Bombeiros também foi acionado, segundo ele, mas as equipes estavam ocupadas, na ocasião, com outras ocorrências de chuva.