Saneamento básico em Jaboatão dos Guararapes parece ser para poucos

19/11/18 às 14:19 – Por Djalma Júnior / Colunista Blog do Andros

saneamento_correio24h

“Os grandes municípios entregam à iniciativa privada os grande lucros e socializa os prejuízos com a maioria da população”. Foto: Correio 24h

A falta do saneamento básico é um dos graves problemas dos municípios brasileiros. Segundo pesquisa, quase metade da população brasileira sofre com problemas de esgoto a céu aberto.  Jaboatão dos Guararapes, segunda maior cidade de Pernambuco, é o segundo pior município em saneamento no Brasil. Os dados foram coletados a partir do ranking do Instituto Trata Brasil, que é uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, formado por empresas com interesse nos avanços do saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do país.

A pesquisa tem como amostra 100 cidades mais populosas do Brasil. Apesar de Jaboatão dos Guararapes apresentar o acesso a água de 74% das pessoas, tem menos de 7% (6,66%) do esgoto tratado. A falta de saneamento atinge, em sua maioria, a população mais carente do município, está vinculada à falta de sensibilização ambiental das pessoas no gerenciamento do lixo por exemplo. Existe uma expressão que já virou clichê na gestão pública que cada 1 real investido em Saneamento, são 3 reais economizados em Saúde, porém é algo que fica nos discursos de campanha eleitoral, pois existe outra expressão que diz que saneamento não é prioridade pois não “dá voto” por ficar “debaixo da terra”. Continuar lendo

Ivison Chile é o primeiro nome a se presentar como pré-candidato a prefeito do Jaboatão

De esquerda, Chile faz forte oposição ao prefeito Anderson Ferreira e nas eleições deste ano batalhou pela vitória de Elias Gomes (PSDB) a deputado estadual

19/11/18 às 12:27 – Por Andros Silva 

ivson

Grupo de WhatsApp comandando por Ivison, conta com a participação do ex-prefeito de Jaboatão Elias Gomes. Foto: Reprodução/Facebook

Bastante conhecido no meio político, relativamente desconhecido por boa parte dos jaboatonenses, este é Ivison Chile, ex-metalúrgico da Rede Ferroviária Federal (RFFSA) que confirmou na noite do domingo (18) sua pré-candidatura a prefeito do Jaboatão.

Chile, militante e filiado ao PT, deixará a sigla e passará a integrar o PP (Partido Progressista), de Eduardo da Fonte. Segundo o próprio, a ideia de lançá-lo como prefeiturável em Jaboatão partiu do deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), parlamentar escolhido para presidir a Alepe logo após o falecimento de Guilherme Uchoa, que serviu como presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco por seis mandatos consecutivos até sua morte no cargo em 2018.

O criador do Parlatório, canal usado para tratar de assuntos voltados para a política da cidade nas redes sociais, que logo também virou grupo do aplicativo de mensagens instantâneas, WhatsApp, com integrantes famosos como o ex-prefeito de Jaboatão Elias Gomes e do ex-vereador Neco, terá como vice um líder comunitário do bairro de Cavaleiro. Esquerdista, de segurar bandeira vermelha com as palavras “Lula Livre”, Ivison faz forte oposição ao prefeito Anderson Ferreira e nas eleições deste ano batalhou pela vitória de Elias Gomes (PSDB) a deputado estadual. Elias obteve 12.328 votos, mas não foi eleito deputado. Ivison é o primeiro de muitos nomes que ainda serão anunciados para disputar o executivo municipal. Que comece a batalha!