Boa parte do seu discurso foi voltado para narrar positividades sobre o ex-presidente Lula, preso em Curitiba. “O Brasil nunca teve um presidente como o presidente Lula. Lula foi o maior presidente que o Brasil já teve”, disse em tom elevado

25/08/18 às 23:17 – Por Andros Silva

re-da
Sobre Daniel Alves, lembrou que “Jaboatão não poderia perder a chance de mandar Daniel Alves para Assembleia Legislativa”. Foto: Andros Silva

Renildo Calheiros, ex-prefeito de Olinda e candidato a deputado federal,  pregou uma fala otimista para o anfitrião, Daniel Alves, durante o lançamento de sua campanha, ocorrido no último dia 24, numa casa de festas sem muito luxo e escondida nos fundos de uma pequena vila de casas instaladas as margens da Avenida dos Guararapes em Prazeres, Jaboatão.

1
Publicidade. A Lady Fitness tem essa e outras peças em seu Instagram: @lady_modafitness. Gostaria de adquirir o melhor da moda Fitness? Entre em contato usando o WhatsApp: (81)983272042

Sobre Daniel Alves, que chegou ao evento às 20:36, sendo recebido sob fortes aplausos e queima de fogos, disse que “Jaboatão não poderia perder a chance de mandar Daniel Alves para Assembleia Legislativa”. “Daniel a sua eleição não pode ser um compromisso só seu. A sua eleição deve ser um compromisso daqueles que querem melhorar as coisas em Pernambuco. Mesmo jovem, você está do lado das pessoas que precisam de ajuda, de saúde”, falou. Calheiros, na maior parte do seu discurso, narrou positividades sobre o ex-presidente Lula, preso em Curitiba. “O Brasil nunca teve um presidente como o presidente Lula. Lula foi o maior presidente que o Brasil já teve”, disse em tom elevado Renildo, que ainda, se refere a Lula como presidente, e não ex-presidente.

O candidato a deputado federal pelo PCdoB, disse ainda que Lula, através do programa social Bolsa Família, levou dignidade para muitas famílias do país. “O presidente Lula desenvolveu o Bolsa Família que foi muito importante para famílias pobres do Brasil, mesmo cidades pequenas, o Bolsa Família movimenta a feira, movimenta o comércio e dá dignidade as pessoas, por que mesmo não sendo ricas, elas tem o dinheiro para comprar um pouco de comida, para não deixar seus filhos passar fome”, expressou convertido em palavras bem resolvidas e articuladas, recebendo um feedback do público que gritava em coro “Lula Livre”.