29/03/18 às 16:31 – Por Andros Silva 

messinho
Foto: Divulgação

O vereador Emerson de Souza Barbosa (PCdoB) com demais vereadores contrários ao Projeto de Lei Complementar 01/2018 foi ontem (28) ao Ministério Público efetuar denúncia contra a aprovação do código, ocorrida dia 23/03 durante sessão conturbada na casa legislativa municipal. Messinho, no centro da foto, assim como seus pares, acredita que houve irregularidades na votação e por isso foi ao órgão questionar a aprovação da PLC. “Tinha que ser aprovado por 2/3 e não por maioria”, argumentou o parlamentar do partido comunista ao formalizar a denúncia.