O agitador cultural de 51 anos conversou com o Blog e contou detalhes de sua história

02/02/18 às 07:05

banner-carnaval-blogdoandros

pescador1Se você mora em Jaboatão e nunca ouviu falar nele, estais altamente desinformado sobre a cultura da tua cidade.  Estou falando do figuraça José Soares, o famoso e querido Pescador.

Amante incondicional do Jaboatão, o agitador cultural de 51 anos soltou o verbo e disse em entrevista ao Blog do Andros tudo que pensa sobre temas polêmicos, como o projeto de concessão dada pela Prefeitura ao SESC, junto ao Teatro Samuel Campelo.

Soares também falou sobre o carnaval e suas campanhas rumo a Câmara Legislativa. Quer saber mais o que o Pescador que nunca pescou andou falando por aqui? Confira no papo que está simplesmente, imperdível.

Andros Silva – No documentário sobre a história do Pescador, personagem que te deixou ainda mais conhecido na Cidade, você fez a seguinte afirmativa: “Em Jaboatão existem jornais em que nenhum é jornalista”. Essa declaração te causou algum tipo de aborrecimento com os poucos, porém atuantes donos de jornais do município?

José Soares –  Sim, teve um que eu percebi que ele  ficou indignado comigo, mas eu também disse que existe um pescador que não pesca nada, me incluindo nessa situação.

AS – Poderia dizer o nome de quem vestiu a carapuça?

JS – (risos) Não, mas ele vai saber que estou falando dele. (risos)

AS – Você se arrepende de ter dito? Foi algo pensado ou saiu na hora do “gravando”?

JS – Não me arrependo. Não mentir em nada no que eu disse, porque essa é a realidade.

pescador4

AS – Por falar em comunicação, qual é a sua opinião em relação a atual imprensa de Jaboatão? Acompanha jornais, rádios, blogs, sites dedicados a promover a Cidade?

JS – Sempre que posso escuto a Rádio Esperança daqui de Jaboatão Centro, 98.50 FM e a divulgadora Som Brasil (rádio comunitária que funciona no centro da cidade), gosto também de ler o Jaboatão Jornal que é muito bom. A respeito de blog, sinto muito a falta do blog do Marlus Costa. Com a chegada do seu blog, acho que Jaboatão vai ficar por dentro da notícia da nossa cidade.

AS – A Prefeitura cedeu o Cine Teatro Samuel Campelo ao Sesc por 20 anos. Como figura representativa da cultura do município, o que achou dessa decisão?

JS – A cessão de uso do equipamento cultural, autorizada pelo prefeito, com a aprovação da Câmara Municipal, sem consultar a população e na calada da noite no mês de dezembro, é a típica prática da velha política instalada ainda em Jaboatão. Aí eu pergunto: “o Ministério Público aqui em Jaboatão existe”? E ainda dizem que é  “Jaboatão compromisso com a mudança”.

AS – Desde que foi reinaugurado pela gestão Elias Gomes, o equipamento cultural parecia esquecido, sem grandes atrações que levasse a população jaboatonense usufruir do prédio que custou 8 milhões de reais do dinheiro público. O que faltou Soares?

JS – Assim que o Cine Teatro foi reinaugurado achávamos que ficaria melhor uma boa parceria com a FUNDARPE. Prefeitura e Governo do Estado seria um casamento perfeito. E o que faltou foi transparência da gestão anterior com a população.pescador3

AS – Há muito a cultura anda em baixa em Jaboatão. Na gestão Elias, por exemplo, o carnaval da cidade foi totalmente abandonado. Agora faltando poucos dias para a festa de momo, a gestão atual nada falou sobre o carnaval. Tá faltando um bom secretário de cultura na Cidade?

JS –  No governo de Geraldo Melo, Jaboatão tomou um bom destaque na mídia com a Festa da Pitomba e o bloco Paia de Coco. Foi manchete da revista Veja, que é uma revista lida nacionalmente e até fora do País, mostrando também as belas praias da nossa cidade. Mas tem um porém, Geraldo era de Jaboatão e amava a cidade.  Na gestão Elias a cultura tornou-se um fiasco e nessa gestão é uma verdadeira falência. Tá faltando sim, um bom secretário.

AS – Indicaria um nome para assumir a Secretaria de Cultura?

JS – Amigo para assumir a pasta da Secretaria de Cultura de Jaboatão, tem que amar e conhecer as histórias da nossa cidade. Somos uma cidade rica em cultura, mas infelizmente não estão valorizando. Temos a escola Rebelde do Samba, que desfila sem o devido apoio, temos a riqueza do Maracatu Aurora Africana, que já foi campeão no Recife. É tanta coisa revoltante que prefiro não citar nomes.

AS – O ex-secretário Isaac Luna fez um bom trabalho?

JS – Qual trabalho? Pelo menos aqui em Jaboatão Centro ele não deixou nenhum legado, porque a luta para a reinauguração do Cine Teatro Samuel Campelo foi da população que levou a situação até a imprensa. Aí teve que reinaugurar de todo jeito.

AS – O seu bloco desfila no dia 13 de fevereiro em plena terça-feira de carnaval, tem apoio da Prefeitura?

JS –  Não, no dia que Jaboatão tiver um secretário de cultura de verdade, com certeza eu mandarei meu projeto para ser apreciado.

AS – Quem são os patrocinadores do bloco do Pescador? Como faz para buscar apoio para conseguir colocar a agremiação na rua?

JS – De início faço uma carta para os amigos do bloco do Pescador pedindo ajuda. Depois uso o meu conhecimento político junto ao Deputado João Fernando (Coutinho) e a vereadora do Recife, Aline Mariano e o ex-vereador e amigo Neco. Ano passado tive apoio do vereador Pereira da oficina, mas esse ano achei melhor não incomodá-lo.pescador5

AS – Conseguiu apoio financeiro com os políticos citados? Eles vêm para o desfile do bloco?

JS – Sim, consegui. Ficaram de vir.

AS – Quem confirmou presença?

JS – João Fernando e Neco.

AS – Marlus Costa usou a popularidade que obteve com o blog e se elegeu vereador. Assim como ele, você entrou na disputa eleitoral nas eleições passadas fazendo uso da popularidade adquirida com o personagem, mas não obteve o mesmo êxito. Acreditava que era o momento certo para fazer a campanha rumo a Câmara?

JS – Tentei três vezes e não obtive sucesso. Acho que as pessoas não entenderam o meu recado, e me viam como agitador cultural e não político. Mesmo assim não estou decepcionado com o eleitor.

AS – Caso assumisse a vaga na Casa Legislativa Municipal, como seria o vereador José Soares? Qual era os planos?

JS – Seria um vereador atuante, sem me vender ao prefeito, porque a maioria dos vereadores da nossa cidade parecem um bando de pedintes na mão do prefeito. Como integrante do Poder Legislativo Municipal, o vereador tem como função primordial representar os interesses da população perante o poder público. Devem fazer projetos e criarem leis para dar andamento no avanço da nossa cidade. Infelizmente muitos vereadores aqui da nossa cidade, ainda não sabem o seu devido papel.

AS – Pretende ser candidato novamente em 2020?

JS – Ainda não sei, porque a nossa vida é cheia de altos e baixos e o futuro a Deus pertence, não é?

AS – Soares prazer imenso ter você aqui no blog. Gostaria de deixar um recado final para os nossos leitores?

JS – Amigo, sou grato por você ter me convidado para falar um pouco sobre a nossa Cidade e sempre estarei aqui para defender o nosso querido Jaboatão, porque todos nós sabemos que a pressão da opinião pública é capaz de fazer o que a lei não consegue.

Andros Silva… Aproveito e convido todos os leitores do blog para o bloco do Pescador, dia e hora? O pescador informa logo abaixo, confere aí e vamos cair no frevo “Que entra na cabeça/ Depois toma o corpo/ E acaba no pé”. 😉

pescador3

O documentário…  A Fanpage do Blog do Andros publicou na íntegra o documentário do Pescador. Clique aqui e assista.

Matéria relacionada…
Com orquestra gigante, bloco O Pescador desfila na terça de carnaval em Jaboatão Centro